Justiça

  • Sentenciados

    Reunião pública de 20-10-1961. 1ª Parte — Cap. VII — Item 3 — § 31.  Sentenciados, sim! A vida, porém, não nos suplicia pelo prazer de atormentar.  À face de nossa destinação à suprema felicidade, todos estamos intimados ao bem, impelidos ao progresso, endereçados à...

  • Se formos justos

     Deixa que a justiça te clareie a visão para que o egoísmo te não imponha a loucura e a cegueira.    Se formos justos, não nos inclinaremos à censura e à reprovação, ante os erros dos semelhantes, porquanto, conheceremos, de sobra, nossas próprias fraquezas.  Se formos justos,...

  • Problema do perdão

    A Divina Tolerância não constitui subversão da ordem no campo da Justiça.  O perdão do Senhor  é sempre transformação do mal no bem, com a renovação de nossas oportunidades de luta e resgate, no grande caminho da vida.  Vejamos a Terra, em sua função de escola de nossos...

  • Os outros também

    Habitualmente, lembramo-nos da justiça apenas à frente dos acontecimentos de monta. Recordamo-la, quando as calamidades da guerra indicam multidões humilhadas ou a imprensa nos fala de vítimas, quando a autoridade se desmanda ou a fortuna se desgoverna. Mencionamo-la, à feição de conceito...

  • Na luz da justiça

    Reunião pública de 8-12-61 1ª Parte, cap. VII, § 21 A justiça humana, conquanto respeitável, freqüentemente julga os fatos que considera puníveis pelos derradeiros lances de superfície, mas a Justiça Divina observa todas as ocorrências, desde os menores impulsos que lhes deram...

  • Justos e injustos

     Cada manifestação da criatura atende a objetivo determinado conforme as necessidades da experiência.  Todo gesto traz significação particular.  Toda intenção é potencial de procedimento.  Quem ostente conhecimento nobre ou paz interior já surpreende em si mesmo, força e razão...

  • Justiça em nós mesmos

     Não nos esqueçamos do mundo vasto de nós mesmos, onde a consciência amparada pela razão, nos adverte, serena e incorruptível, quanto às normas que nos cabe esposar, em favor de nossa segurança e alegria.  Muitas vezes, recorremos ao parecer dos outros nos assuntos que nos dizem de perto...

  • Justiça e misericórdia

     Muitas vezes exclamas: — Justiça! Justiça!  E afirmas-te demasiadamente sofredor, perseguido pelas sombras ou desamparado pela Bênção do Céu!  Lembra-te, porém, de que a corrigenda não exclui a presença do pesar e enquanto a provação trabalha em nossas almas, trazemos conosco os...

  • Justiça e amor III

     Enquanto alimentamos o mal em nossos pensamentos, palavras e ações, estamos sob os choques de retorno das nossas próprias criações, dentro da vida.  As dores que recebemos são a colheita dos espinhos que arremessamos.  Agora ou amanhã, recolheremos sempre o fruto vivo de nossa...

  • Justiça e amor II

     Todos os valores da vida pedem extensão e rendimento para atenderem ao Eterno Equilíbrio nas bases de Universo.  Se o ouro reclama aplicação justa, também o conhecimento elevado exige substância e proveito.  Se o primeiro, acumulado inutilmente, gera a cobiça que detém a cabeça do...

1 | 2 >>

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode