Dinâmica - Perispírito

Objetivo: Mostrar que todos temos um corpo espiritual semi-material, mais leve do que o corpo físico e que no seu estado normal é invisível. 

Participantes: Indefinido.

Tempo Estimado: 10min.
Material: Envelope pardo (162mm x 229 mm), fita de cetim prata, 2 folhas de papel canson A4, glitter,  plástico (158mmX228 mmm), cola branca, durex, giz de cera marrom e preto .

Descrição: O Evangelizador deverá construir um corpo físico com envelope pardo, colando o cabelo (pinte com giz de cera), os olhos e a boca, conforme a imagem. Deverá fazer o perispírito com o plástico, colando (com durex) sobre ele os mesmos órgãos (feitos com papel). E para representar o Espírito deverá colar gritter sobre o perispírito. Depois deverá ligar os dois corpos  com uma fita de cetim prata, que representará o cordão fluídico, e colocar um dentro do outro para fazer o seguinte comentário: '' Este boneco aqui  é meu amigo João . Existe algo mais do que este corpinho físico, que vocês estão vendo. Eu tenho também outro corpinho, que é espiritual, que se chama perispírito, que é mais leve do que o outro  (retirar de dentro o corpinho espiritual). Quando estou encarnado estou ligado por este corpinho por um cordão fluídico. Eu não fico totalmente preso a este corpo. No momento que estou dormindo, esse laço fluídico se ''afrouxa''  e posso visitar outras cidades com meu corpinho espiritual.  E quando eu desencarno este laço fluídico é rompido (retirar o laço),  e o Espírito fica somente com seu corpo espiritual, que costuma ser igual a o outro. Mas o que seria o Espírito? O Espírito não possui forma, ele é um clarão (o glitter), sua cor varia da sombra ao brilho do rubi, segundo o Espírito seja mais ou menos puro.''  

Comentário: ''Assim como o germe de um fruto é envolvido pelo perisperma, da mesma forma o Espírito propriamente dito está revestido de um envoltório que, por comparação, pode-se chamar de perispírito (Livro dos espíritos. Questão 93. Allan Kardec).''

(baseada em autor desconhecido e no Livro dos espíritos. Questões 88 ,93 e 94. Allan Kardec )