Use seus direitos

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO — Cap. XVII — Item 3

O LIVRO DOS ESPÍRITOS — Questão 642


 

  Realmente, você dispõe do direito de amealhar, em seu benefício, os frutos da experiência;

  de guardar em silêncio a lição que lhe cabe em cada circunstância;

  de reprimir os próprios gastos para atender ao culto do amor ao próximo;

  de acumular os valores morais do caminho por onde passa;

  de aperfeiçoar primeiramente o seu coração, antes de intentar o burilamento de outras almas;

  de socorrer as vidas menos felizes que a sua própria;

  de agasalhar indistintamente os desnudos do corpo e da alma;

  de espalhar a sua influência na preservação da paz e da alegria;

  de mostrar diretrizes superiores ao irmão de luta, colocando-se, antes de tudo, dentro delas;

   de libertar-se dos preconceitos injustos sem alarmar as mentes alheias;

   e de convocar aqueles, com quem convive, ao campo do trabalho edificante, sem exigir nem gritar, mas sim com a mensagem silenciosa de seu exemplo na sustentação do bem, com a certeza de que o dever respeitado e cumprido é o caminho justo para o direito de crescer com Jesus no serviço da felicidade geral.

(Estude e viva. Espírito André Luiz. Psicografado por Chico Xavier/ Waldo Vieira)