Pensamento cristão

O mundo é a materialização do pensamento divino e a natureza é o trono da sabedoria sem palavras em que as leis do Senhor se manifestam.

 Nós, criaturas do Eterno Pai, filhos de sua inteligência e do seu amor, somos igualmente co-criadores, no princípio inalienável da herança, e, por isso mesmo, o pensamento que alimentamos é força viva e aglutinante a modelar-nos o destino.

 Antes da energia sub-atômica, possuímos o mundo das unidades-força, em que as linhas imponderáveis da criação espiritual se movimentam, precedendo a química celular e tecendo os fios sublimes da origem de nossas experiências…

 Até agora, considerando a atualidade do cristianismo, embora os quase vinte séculos que lhe assinalam o berço, pensávamos em termos de violência, na disputa dos bens transitórios de nossa temporária residência na Terra…

 Até hoje, cultuamos o poder da astúcia, categorizando-o por exaltação do raciocínio e entronizamos a crueldade prestigiada de louros, interpretando os triunfos sanguinolentos do mundo, à conta de inarredável soberania…

  Jesus, porém, veio renovar-nos a vida mental, oferecendo-nos o verdadeiro caminho de ascensão à imortalidade redentora.

 “Auxilia a quem te persegue.” 

 “Ora por aqueles que te caluniam.” 

 “Dá sem esperar retribuição.” 

 “Perdoa setenta vezes sete vezes.” 

 “A quem te pedir a capa, oferece também a túnica.” 

 “Segue dois mil passos com o irmão que te roga a caminhada de mil.”

 A mensagem do Evangelho não é apenas o alicerce da religião universal do amor, mas, também a base da ciência e da filosofia, suscetíveis de realizar-nos o soerguimento às Esferas Superiores.

  Se procuras a luz para que te afastes da sombra, levanta-te do vale em que as ideias se te cristalizam, no círculo vicioso das concepções retardadas que nos encarceram a alma nas grades de perigosas ilusões…

 Façamos de nossa indagação cultural, serviço incessante no bem, conduzamos o experimento científico na senda do aperfeiçoamento que nos cabe atingir e, elegendo no Pensamento do Cristo, o centro de nossa vida interior, estejamos convencidos de que construiremos adequado caminho no espaço e no tempo para alcançarmos, enfim, a alegria imperecível a que o Senhor nos destina em plena Imortalidade.

 (Indulgência. Espírito Emmanuel. Psicografado por Chico Xavier)