Louvor a Pestalozzi*

        Pestalozzi é um dos autores mais profundos e proficientes na área da educação. Embora de forma intuitiva, ele compreendeu e vivenciou essa maravilhosa Educação do Espírito, que a Doutrina Espírita nos permite hoje compreender, em toda a sua profundidade. Em sua análise dos três estados: Estado Natural ou Primitivo Estado Social e Estado Moral, Pestalozzi demonstra a passagem do homem pela animalidade inferior, sujeito aos instintos, passando ao Estado Social, sujeito às leis sociais que lhe coíbem os impulsos, mas que necessita chegar ao Estado Moral, onde os sentimentos superiores passam a reger sua vida, em plena autonomia. Mas existe garantia de se chegar a esse Estado Moral, pois o homem possui o germe da razão e do sentimento.

        Educação é o desenvolvimento desse germe, do potencial latente em cada criatura, filha de Deus.

        Define educação como desenvolvimento natural, progressivo e harmonioso de todos os poderes e faculdades do ser. Chega a demonstrar como pode ocorrer esse desenvolvimento: através da vibração, do impulso de alguém que se descobriu como ser Divino, que sente essa emanação Divina dentro de si, o educando será estimulado ao despertar de sua própria potencialidade. O papel do educador é despertar essa essência Divina para que ele, uma vez desperto, possa trabalhar, com seu próprio esforço sua potencialidade. Destaca ainda o valor do interesse e da atividade, utilizando métodos ativos de participação intensa da criança em seu próprio processo de educação, criando, ao mesmo tempo, mecanismos de cooperação entre os alunos.

        A criança recebia a vibração intensa de seu nobre coração, despertando os valores superiores e nobres que possuía em estado latente, chegando, muitas vezes, até às lágrimas.

        Uma vez receptiva às vibrações superiores, era levada por um método ativo de participação intensa, propiciando condições para a construção de si mesma. Ao mesmo tempo recebia a cooperação dos colegas, podendo, por sua vez, cooperar com outros (sistema de monitores) . Pode haver maior antídoto ao egoísmo e ao orgulho? Eis o clima de cooperação, afeto e respeito mútuo, exaltado por Piaget, bem como o método ativo onde o educando constrói suas estruturas mentais e amplia sua capacidade vibratória, em níveis superiores. Toda a teoria construtivista da Educação em seu sentido espiritual está presente nas obras de Pestalozzi e vivenciada em seus atos.

        Pestalozzi é, pois, o precursor dessa educação que a Doutrina Espírita apresenta à humanidade: a Educação do Espírito.

( Educação do Espírito . Introdução à Pedagogia Espírita . Walter Oliveira Alves, Araras-SP. Fonte: https://www.cvdee.org.br/ev_estudo.asp?id=001#estudos)