Dinâmica - Ressurreição de Jesus (desenho mágico)

Objetivo: Compreender que  a ressurreição de Jesus é , na realidade, a sua aparição com o corpo espiritual materializado ou não.  
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 10 min.
Material: moldes (imprimir em papel canson A4,  papel toalha (20cmx20cm), canetinha preta permanente (de preferência ponta fina), canetinha colorida, molde de Jesus, tesoura, bacia ou algum recipiente transparente, água, fita crepre.
Descrição: Esta dinâmica deverá ser feita no início da aula. O Evangelizador deverá, antecipadamente, recortar o papel toalha na metade e depois pegar uma das partes e dobrá-la ao meio (10cmx10cm). Na parte da frente, deverá usar o molde e desenhar (com canetinha preta permanente) uma parte do contorno do rosto de Jesus (de modo que não possa identificá-lo). E na parte de dentro, deverá desenhar novamente o contorno do rosto de Jesus, na mesma posição (de modo que uma imagem fique em cima da outra, quando o papel estiver dobrado) e acrescentar as outras partes e pintá-las, lembrando que o contorno de todas as partes deverá ser feito com canetinha preta. Depois deverá fechar com fita crepe a lateral direita, para que a criança não possa ver o desenho pintado de dentro. Então, na sala de aula, deverá encher a bacia com água, pedir para que os alunos fiquem ao redor dela e fazer a seguinte explicação: "Hoje vamos observar algo extraordinário, que ocorreu com os apóstolos de Jesus. Após a morte do Querido Mestre, Eles viram algo que o surpreenderam... (neste momento, coloque o papel toalha desenhado na bacia de água). E diga:" Vejam, Jesus ressuscitou... " (neste momento, a imagem debaixo irá se juntar com a imagem de cima e  aparecerá a face completa de Jesus). "Ele apareceu para os seus apóstolos com o seu corpo espiritual (materializado).  Isto que fizemos parece uma mágica, mas a aparição real de Jesus pode ser explicada pelas leis da natureza".


Obs.1: Pinte com leveza, para não furar o papel toalha, mas não precisa pintar certinho (deixe algumas falhas), pois no momento em que mergulhar na água, a tinta se espalhará. Se preencher tudo perfeitamente com canetinha, a imagem ficará borrada quando entrar em contato com a água.
Obs.2: Utilize os moldes para desenhar na posição exata no papel,  pois caso contrário, as linhas de cima e de baixo ficarão desencontradas. Recorte o molde num único bloco (1, 2 e 3) e faça o contorno. Depois recorte e separe as três partes, para desenhar o 2 (círculo  do meio), e as outras partes: 4 (cabelo) e 5 (boca). Faça dois furos com agulha no molde no local dos olhos para saber a posição certa de desenhá-los e faça a orelha, boca e sobrancelhas, conforme a figura.
Obs.3: Depois entregue para as crianças meio papel toalha  e peça para fazerem o desenho de um smile, ou um sol, ou um planeta, ou uma flor, ou o seu próprio rosto, etc... Faça, antecipadamente, o desenho dos círculos nos dois lados do papel, com o próprio molde da fita crepe ou fita durex, pois esta parte é difícil fazer,  precisa de exatidão.

Veja o vídeo da imagem de Jesus no youtube: https://youtu.be/Zaf0FF5e7qo

Veja o vídeo da imagem do Smile no youtube: https://youtu.be/AWxR7jF6Moo

Comentário: Materialização é o fenômeno pelo qual os Espíritos se corporificam, tornando-se visíveis a quantos estiverem no local das sessões. Não é preciso ser médium para ver o Espírito materializado. Materializando-se, corporificando-se, pode o Espírito ser visto, sentido e tocado.  Podemos abraçá-lo, sentir-lhe o calor da temperatura, ouvir-lhe as pulsações do coração e com ele conversar naturalmente. Aparição é o fenômeno pelo qual o Espírito é visto apenas por quem tiver vidência.  A materialização é um fenômeno objetivo e a aparição é um fenômeno subjetivo. Há, portanto, fundamental diferença entre uma e outra. (Estudando a mediunidade. Cap. 42. Martins Peralva).
As aparições do Cristo são conhecidas e tiveram numerosos testemunhos. Apresentam flagrantes analogias com as que em nossos dias são observadas em diversos graus, desde a forma etérea, sem consistência, com que aparece a Maria Madalena e que não suportaria o mínimo contacto, até a completa materialização, tal como a pôde verificar Tomé, que tocou com a própria mão as chagas do Cristo. Daí esse contraste nas palavras de Jesus: “Não me toques” – diz ele à Madalena – ao passo que convida Tomé a pôr o dedo nos sinais dos cravos: “Chega também a tua mão e mete-a no meu lado”.  (Cristianismo e Espiritismo. Cap. 5. Léon Denis).

(Baseada no video " Atividade de educação infantil - Mágica com papel tolha" do canal do Youtube de Najara Ribeiro)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode