Dinâmica - Pensamento e sintonia

Objetivo: Perceber que atraímos as mentes que estão no mesmo padrão vibratório que o nosso, ou seja, que possuem a mesma sintonia e afinidade moral.
Participantes: Máximo 16 alunos.
Tempo Estimado: 20 min.
Material: 4 Frases (com letras grandes em 4 papéis sulfite A4), 16 frases (em forma de bilhete),  caixa de papelão,  canetinha,  durex colorido (azul, vermelho, amarelo, verde), fita crepe.
Descrição: O Evangelizador deverá fazer quatro marcas de X no chão (com durex colorido), um ao lado do outro ( com um metro de distância entre eles ), nas cores azul, vermelho, amarelo e verde ; e colar na parede 4 frases diferentes (em cima de cada marca): uma do grupo 1 (dos preconceituosos),  uma do grupo 2 (dos bandidos), uma do grupo 3 (dos protetores da natureza), uma do grupo 4 (dos caridosos), mas não deverá revelar os nomes dos grupos, apenas deverá tratá-los por números. Logo após, o Evangelizador deverá explicar que cada um receberá um tipo de pensamento que  possui a mesmas ideias e sentimentos,  e que está em plena sintonia com algum daqueles grupos. Portanto, quando os alunos receberem a frase com o pensamento, deverão ler diante da turma e dizer a qual grupo pertence. Explique que eles deverão se dirigir para os locais correspondentes, conforme as frases recebidas. Feito isto, os alunos deverão descobrir quais sãos os nomes dos grupos que se formaram pela semelhança de ideias e sentimentos, ou seja, os grupos foram construídos conforme a afinidade moral e sintonia de pensamentos.

GRUPO 1 - DOS PRECONCEITUOSOS
- PENSAMENTO: Ele não deveria estar dentro desta loja, veja como está mal vestido. (Faça um cartaz)
- PENSAMENTO: Aquele homem deve ser bandido, olha o jeito que ele fala.
- PENSAMENTO: Este menino parece um retardado mental, olha que rosto esquisito.
- PENSAMENTO: Este travesti não deveria trabalhar neste local com estas roupas.
- PENSAMENTO: Não vou dar nada para este mendigo, acho que ele é um drogado!

GRUPO 2 - DOS BANDIDOS
- PENSAMENTO: Vou adicionar mais água no leite para aumentar os lucros da empresa. (Faça um cartaz)
- PENSAMENTO: Amanhã irei comprar um aparelho de TV pirata para assistir filmes  pagos de forma gratuita.
- PENSAMENTO: Utilizarei a minha carteirinha de estudante falsificada para pagar meia entrada no cinema.
- PENSAMENTO: No momento em aquele homem estiver distraído, vou roubar o seu celular dele.
- PENSAMENTO: Hoje pegarei o dinheiro da carteira do meu pai, acho que não sentirá falta.

GRUPO 3 - DOS PROTETORES DA NATUREZA
- PENSAMENTO: Vou comprar mudas e plantar árvores nesta região que foi desmatada. (Faça um cartaz)
- PENSAMENTO:  Hoje mesmo vou denunciar este vizinho por fazer tráfico de animais silvestres.
- PENSAMENTO:  Quando chegar em casa, irei tomar banho muito rápido, para economizar água.
- PENSAMENTO: Prefiro usar sacolas de pano para fazer compras no mercado, para evitar o descarte de sacolas plásticas.
- PENSAMENTO:  Jogarei esta garrafa plástica na lixeira que faz a seleção correta de materiais recicláveis.

 GRUPO 4 -  DOS CARIDOSOS
- PENSAMENTO: Fiz uma prece em silêncio, para minha avó que está doente. (Faça um cartaz)
- PENSAMENTO: Hoje, ajudei uma velhinha a atravessar a rua.
- PENSAMENTO: Ontem visitei um orfanato e toquei violão para as crianças.
- PENSAMENTO: Durante a noite, distribuí sopa quentinha para os moradores de rua.
- PENSAMENTO: Quando meu amigo perdeu o seu pai, lhe disse palavras de consolo.
 
Comentário: A mente, em qualquer Plano, emite e recebe, dá e recolhe, renovando-se constantemente para o alto destino que lhe compete atingir.  Estamos assimilando correntes mentais, de maneira permanente.  De modo imperceptível, “ingerimos pensamentos”, a cada instante, projetando, em torno de nossa individualidade, as forças que acalentamos em nós mesmos.  Por isso, quem não se habilite a conhecimentos mais altos, quem não exercite a vontade para sobrepor-se às circunstâncias de ordem inferior, padecerá, invariavelmente, a imposição do meio em que se localiza. Somos afetados pelas vibrações de paisagens, pessoas e coisas que nos cercam.  Se nos confiamos às impressões alheias de enfermidade e amargura, apressadamente se nos altera o “tônus mental”, inclinando-nos à franca receptividade de moléstias indefiníveis.  Se nos devotamos ao convívio com pessoas operosas e dinâmicas, encontramos valioso sustentáculo aos nossos propósitos de trabalho e realização.  Princípios idênticos regem as nossas relações uns com os outros, encarnados e desencarnados.  Conversações alimentam conversações. Pensamentos ampliam pensamentos.  Demoramo-nos com quem se afina conosco.  Falamos sempre ou sempre agimos pelo grupo de Espíritos a que nos ligamos.  Nossa inspiração está filiada ao conjunto dos que sentem como nós, tanto quanto a fonte está comandada pela nascente.  Somos obsidiados por amigos desencarnados ou não e auxiliados por benfeitores, em qualquer Plano da vida, de conformidade com a nossa condição mental. Daí, o imperativo de nossa constante renovação para o bem infinito. (Roteiro. Afinidade. Espírito Emmanuel.  Psicografado por Chico Xavier)
(Baseada no livro: Roteiro. Afinidade. Espírito Emmanuel.  Psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode