Dinâmica - Pão espiritual

Objetivo:  Descobrir o nome dado ao alimento que fortalece a nossa mente contra o mal.
Participantes: Máximo 14 alunos.
Tempo Estimado: 15  min.
Material: Bilhetes com frases escritas, tesoura, caixa de papelão.
Descrição: O Evangelizador deverá, previamente, escrever as frases em bilhetes e colocá-los dentro de uma caixa. Depois deverá distribuir um bilhete para cada aluno,  explicando que neles contém  dicas sobre algo muito importante, que será um dos assuntos da aula de hoje,  e que eles deverão tentar descobrir o que é. Para iniciar, cada aluno deverá ler sua frase na frente dos outros.  Se logo no ínicio descobrir o que é, o Evangelizador deverá dizer que ainda tem dúvidas, e que os outros deverão continuar lendo suas frases.

Frases sobre o "Pão espiritual":
Dado embora em migalhas — é valor infinito.
Semente de sabedoria — tornar-se-á celeiro farto.
Minuto de esclarecimento — rasga horizontes eternos.
Verbo silencioso — criará mundos novos.
Toque de fé — salvará muitas vidas.
Bênção de amor — renovará o estímulo apagado.
Gota de consolação — amenizará muitas dores.
Água da vida — fecundará campos mortos.
Dom divino — sustenta milhares de criaturas.
Réstia de esperança — erguerá desesperados.
Pétala da paz — elimina incêndios da discórdia.
Raio de luz — descerra caminhos ocultos.
Dádiva de compreensão — extingue as sombras da ignorância e do ódio.
Abençoadas sejam as mãos — que cooperam à Mesa Imperceptível de Deus.

Obs.: Se ninguém descobrir, após ler todas as frases, dê a seguinte dica: É um alimento para nossa alma.

Comentário: Jesus disse: "Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." ( Mateus 4:4). E disse ainda: "Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede." (João 6:35)
O pão espiritual, amassado em luz invisível,
É alimento do coração — constante e durável (sublime e imperecível*).
(...) Distribui-o, em torno de teus passos, e semearás gloriosos destinos,
desfazendo as trevas em derredor,
arando o chão duro dos corações cristalizados no mal,
restituindo a visão aos cegos dos vales da morte,
devolvendo alegria aos tristes,
levantando os que tombaram,
socorrendo náufragos,
enriquecendo os pobres de luz,
abrindo portas redentoras,
rompendo muralhas e fronteiras
e unindo almas no Grande Amor...
Segue, mundo a fora, espalhando-lhe as graças, na certeza de que o Cristo é o Pão que desceu do Céu!
(Correio Fraterno. O pão espiritual.  Espírito André Luiz. Psicografado por Chico Xavier)
Obs*: Informação acrescentada e retirada de outro local.
(Baseada no livro Correio Fraterno. O pão espiritual.  Espírito André Luiz. Psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode