Dinâmica - Orar com vontade

Objetivo: Compreender que para a nossa prece chegar até os Espíritos Superiores, que estão no Espaço ou na Terra, é preciso orar com fé, com muita vontade  e   sinceridade .  
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 10 min.
Material: copo grande (comprido) de vidro transparente com água, 1 ovo (que afunda na água, pois se flutuar está estragado), saco plástico transparente, sal (4 colheres de sopa cheia de sal), 1 colher de sopa, caneta permanente a prova d'agua.
Descrição: O Evangelizador deverá, antecipadamente, colocar uma pequena etiqueta no copo de vidro, no qual deve estar escrito "Fluido Universal", escrever a palavra "oração" no ovo (com caneta permanente) , e colocar uma etiqueta no saco plástico transparente com o sal inserido dentro dele, no qual deve estar escrito " vontade: cheia de energia". O Evangelizador deverá colocar os materiais na mesa (o copo com água, o ovo, e o saco com sal) e pedir para que os alunos imaginem que aquele copo com água seja o fluido universal, onde todos nós estamos mergulhados, inclusive os nossos pensamentos e orações (neste momento: coloque com cuidado o ovo dentro da água e mostre que ele mergulhou e afundou).  Peça também para que eles imaginem que o ovo seja a nossa oração (pensamento) e  que o sal seja a nossa vontade, cheia de energia. Logo em seguida, explique que a oração (ou seja, o nosso pensamento) só se elevará e chegará até os Espíritos Superiores, se colocarmos muita energia e vontade, ou seja, uma força de impulsão. Depois faça o experimento e diga: Veja estou colocando um pouquinho de vontade, mas a oração não está se elevando, ela ficou no mesmo local (neste momento: coloque uma colher de sopa de sal). Vou colocar mais um pouco de energia, mas ainda não se movimentou (neste momento: coloque mais uma colher de sopa de sal). Agora veja estou colocando mais vontade, mais energia no meu pensamento (neste momento: coloque duas colheres de  sal).  Logo em seguida, veja o que acontece: a oração está se elevando para chegar aos Espíritos Superiores (neste momento: o ovo flutua).
Comentário: Vocês poderiam me perguntar....Será o fluido universal o veículo do pensamento, como o ar é o do som?
“Sim, com a diferença de que o som não pode fazer-se ouvir senão dentro de um espaço muito limitado , enquanto que o pensamento alcança o infinito. O Espírito, no Além, é como o viajante que, em meio de vasta planície, ouvindo pronunciar o seu nome, se dirige para o lado de onde o chamam.” ( O Livro dos Médiuns. Cap. 25. item 280. Questão 5-a. Allan Kardec).
Quando, pois, o pensamento se dirige para algum ser, na Terra ou no espaço, de encarnado para desencarnado, ou vice-versa, uma corrente fluídica se estabelece de um a outro, transmitindo o pensamento, como o ar transmite o som. A energia da corrente está na razão direta da energia do pensamento e da vontade. É assim que a prece é ouvida pelos Espíritos onde quer que eles se encontrem, assim que os Espíritos se comunicam entre si, que nos transmitem a suas inspirações, e que a relações se estabelecem à distância entre os próprios encarnados. Esta explicação se dirige sobretudo aos que não compreendeu a utilidade da prece puramente mística. Não tem por fim materializar a prece, mas tornar compreensíveis os seus efeitos, ao mostrar que ela pode exercer a ação direta e positiva. Nem por isso está menos sujeita à vontade de Deus, juiz supremo em todas as coisas, e único que pode dar eficácia à sua ação. (O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 27. Item 10. Allan Kardec).
Obs.: Explicação física: O ovo afunda na água, pois sua densidade é maior que a água. No entanto, quando se adiciona sal na água a densidade da água torna-se maior que a densidade do ovo, por isso ele flutua.
(Baseada no vídeo " O ovo flutua na água? E se adicionarmos os sal? Experiências para crianças com densidade da água e do ovo"  do canal do YouTube: Bricando com as Belinhas)

Voltar

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode