Dinâmica - O que é felicidade?

Objetivo: Fazer os jovens pensarem no que os faz ser felizes.
Participantes: Máximo 16 alunos.
Tempo Estimado: 30min.
Material: poesias, cartolina, fita crepe.
Descrição: O evangelizador deverá, antecipadamente, escrever o título " O que é felicidade? " na parte superior da cartolina, e colar (com fita crepe) todas as poesias nela , separadamente. Depois deverá colocar o cartaz na parede da sala de aula e pedir para que cada aluno pegue uma poesia que aprecie. Logo em seguida, cada um deverá dizer diante da turma, individualmente, o que acha que o autor quis ensinar com aqueles versos e  responder a seguinte pergunta: O que é a felicidade para ti?
Obs.: O Evangelizador poderá ajudá-lo a interpretar a poesia, caso tenha dificuldades.

Poesias:
Ensino da antiguidade
Que ainda se recomenda:
Desejo e felicidade
Não moram na mesma tenda.
(Pedro Silva*)

Sentença incontrovertida
Seja onde for que se vá:
— Felicidade na vida
 Só se tem a que se dá.
(Ciro Silva*)

Provérbio que desembucho
E até parece capricho:
— Felicidade do luxo
Acaba sempre no lixo.
(Alfredo Nora*)

Felicidade é seguir
Este lema singular:
Trabalhar para servir,
Servir para trabalhar.
(Casimiro Cunha*)

Felicidade no Além
Que não se engana, nem erra
E o doce fruto do bem
Que se plantou sobre a Terra.
(Silveira Carvalho*)

Felicidade entre os homens
Talvez nisto se resuma:
Não pedir, nem esperar
Felicidade nenhuma.
(Lucano Reis*)

Onde a verdade se escuta,
A vida, em tudo, nos diz:
Quem não sofre e quem não luta
Nunca sabe se é feliz.
(Sylvio Rangel*)

Quem mais valente se faz
E possui tudo o que quis
Se necessita de paz
Não chegou a ser feliz.
(Noel de Carvalho**)

Ventura? Para exprimi-la,
Tenho este aviso ligeiro:
É a consciência tranquila
Na bênção do travesseiro.
(Casimiro Cunha**)

Felicidade, no fundo,
É luz celeste ao dispor,
De quem leva a paz ao mundo
Em sementeiras de amor
(Jerônymo Guimarães**)

Encontrei esta verdade
Numa antiquada apostila:
Quem quiser felicidade
Procure distribuí-la.
(Agenor Silveira***)

Felicidade tecida
De ilusões não adianta;
A pessoa tem na vida
Somente aquilo que planta.
(Lourenço Prado***)

Felicidade infeliz
Vimos em Juca Frazão:
Comeu tudo quanto quis
Mas morreu de congestão.
(João Moreira da Silva***)

Muitas vezes, a alegria
É a gentileza sem nome,
Um gesto de simpatia...
Um pão que nos mate a fome.
(Sinfrônio Martins***)

Se queres felicidade
Perpetuada no bem,
Ajuda sem distinção,
Nunca censures ninguém.
(Casimiro Cunha****)

Se você já fez fortuna
E tem tudo o que mais quis,
Pergunte ao dono do ouro
Se ele agora é mais feliz.
(Jair Presente*****)

(Fonte das poesias: *Rumos da vida. Itens da felicidade. Psicografado por Chico Xavier/ **Pétalas da primavera. Ideias da felicidade. Psicografado por Chico Xavier / ***Sorrir e pensar. Citações da felicidade. Psicografado por Chico Xavier / ****Trovas do Mais Além. Amor e felicidade. Psicografado por Chico Xavier /*****Pássaros humanos . Indagação. Psicografado por Chico Xavier)

Comentário final: A procura da felicidade assemelha-se, no fundo, a uma caçada difícil.  Taxando-a por dom facilmente apresável, há quem a procure entre os mitos do ouro, enferrujando as mais belas faculdades da alma, na fossa da usura; quem a dispute no prazer dos sentidos, acordando no catre da enfermidade; quem lhe suponha a presença na exaltação do poder terrestre, acolhendo-se à dor de extrema desilusão, e quem a busque na retenção do supérfluo, apodrecendo de tédio, em câmaras de preguiça.  Não há felicidade, contudo, sem dever corretamente cumprido.  Observa, pois, o dever de que a vida te incumbe. (...) tomando da Terra somente o necessário à própria manutenção, de modo a que te não apropries da felicidade dos outros, estarás atingindo a verdadeira felicidade, que fulge sempre, como bênção de Deus, na consciência tranquila. (Religião dos Espíritos. Felicidade e dever. Espírito Emmanuel.  Psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode