Dinâmica - Natal simbólico

Objetivo: Construir o cenário da história do Natal em conjunto e refletir sobre a mensagem simbólica que traz para a humanidade.
Participantes: Máximo 15 alunos.
Tempo Estimado: 40min.
Material: 15 legendas,15 comentários, 15 envelopes de carta (11,4cm X 16,2cm), tesoura, cola bastão, papel Kraft ( 96cm x66cm), caneta hidrográfica, lápis de escrever,  borracha, lápis de cor, meia folha de sulfite  para rascunho,  gliter .
Descrição: O Evangelizador deverá, previamente, escrever o título "Natal Simbólico"(em letras maiores) e " Cada Espírito é um mundo onde o Cristo deve nascer..." , embaixo do título (em letras menores), na parte superior do papel kraft. Depois recortar (retirar) a aba triangular de fechamento dos 15 envelopes e colar as 15 legendas da história nos 15 envelopes (na parte inferior do destinatário). Além disso, cada comentário deverá ser inserido na parte de dentro do envelope, confome as legendas correspondentes. Na sala de aula, o Evangelizador deverá iniciar a dinâmica fazendo a seguinte explanação: O Espírito Humberto de Campos relata no livro "Pontos e Contos" que um mensageiro, a respeito do Natal, fez uma bela reflexão, dizendo: "Fora loucura esperar a reforma do mundo, sem o homem reformado. Jamais conheceremos povos cristãos, sem edificarmos a alma cristã... Eis por que o Natal do Senhor se reveste de profunda importância para cada um de nós em particular.  Temos conosco oceanos de bênçãos divinas, maravilhosos continentes de possibilidades, florestas de sentimentos por educar, desertos de ignorância por corrigir, inumeráveis tribos de pensamentos que nos povoam a infinita extensão do mundo interior. " O Evangelho do Cristo é o roteiro de conduta para a renovação íntima, e, devido a sua grande importância, hoje construiremos juntos a história simbólica do Natal, narrada por este Espírito.
Logo em seguida, deverá distribuir um envelope para que cada aluno desenhe o cenário  (na parte do destinatário), conforme a imagem sugerida na legenda. E após finalizado, todos deverão colar os envelopes na sequência numérica (1 à 5, na primeira fileira,  6 à 10, na segunda fileira, 7 à 15, na terceira fileira) no papel kraft. E fazer uma apresentação, diante da turma, mostrando o seu desenho, lendo a legenda  e  fazendo o comentário,  que estará dentro do envelope, explicando com suas próprias palavras o que entendeu.
Obs.1: Deixe um espaço de aproximadamente 1cm entre os envelopes, quando for colar no papel Kraft.
Obs.2: Disponibilize um dicionário, caso seja necessário.

Legenda: 1.Verificou-se a vinda de Jesus numa época de recenseamento. (Sugestão de cenário: globo terrestre com muitas pessoas dentro dele)
Comentário: Alcançamos a transformação essencial justamente em fase de contas espirituais com a nossa própria consciência, seja pela dor ou pela madureza de raciocínio.

Legenda:2. Não havia lugar para o Senhor. ( Sugestão de Cenário: Maria montada num jumento, viajando com José para Belém)
Comentário: Nunca possuímos espaço mental para a inspiração divina, absorvidos de ansiedades do coração ou limitados pela ignorância.


Legenda: 3.  A única estalagem ao Hóspede Sublime foi a Manjedoura. (Sugestão de Cenário: Manjedoura vazia )
Comentário: Não oferecemos ao pensamento evangélico senão algumas palhas misérrimas de nossa boa vontade, no lugar mais escuro de nossa mente.


Legenda: 4. Surge o Infante Celestial dentro da noite. (Sugestão de Cenário:  Jesus dentro da Manjedoura )
Comentário: Quase sempre, não sentimos a Bondade do Senhor senão no ápice das sombras de nossas inquietações e falências.


Legenda: 5. A estrela prodigiosa rompe as trevas no grande silêncio. (Sugestão de Cenário: Noite com a estrela de Belém)
Comentário: Quando o gérmen do Cristo desponta em nossas almas, a estrela da divina esperança desafia nossas trevas interiores, obscurecendo o passado, clareando o presente e indicando o porvir.


Legenda: 6. Animais em bando são as primeiras visitas ao Enviado Celeste. (Sugestão de Cenário: Jesus na manjedoura junto com os animais)
Comentário: Na soledade de nossa transformação moral, em face da alvorada nova, os sentimentos animalizados de nosso ser são os primeiros a defrontar o ideal do Mestre.


Legenda: 7. Chegam pastores que se envolvem na intensa luz dos anjos que velam o berço divino. (Sugestão de Cenário: Pastores ao redor da manjedoura)
Comentário: Nossos pensamentos mais simples e mais puros aproximam-se da ideia nova, contagiando-se da claridade sublime, oriunda dos gênios superiores que nos presidem aos destinos e que se acercam de nós, afugentando a incompreensão e o temor.


Legenda: 8. Cantam milícias celestiais. (Sugestão de Cenário: Anjos cantando com harpas )
Comentário: No instante de nossa renovação em Cristo, velhos companheiros nossos, já redimidos, exultam de contentamento na esfera superior, dando glória a Deus e bendizendo os Espíritos de boa vontade.


Legenda: 9. Divulgam os pastores a notícia maravilhosa. (Sugestão de Cenário: Pastores divulgando a Boa notícia para a população)
Comentário:  Nossos pensamentos, felicitados pelo impulso criador de Jesus, comunicam-se entre si, organizando-se para a vida nova.


Legenda: 10. Surge a visita inesperada dos magos. (Sugestão de Cenário: Visita dos três Reis magos)
Comentário: Sentindo-nos a modificação, o mundo observa-nos de modo especial.

Legenda: 11. Os servos fiéis, como Simeão, expressam grande júbilo, mas revelam apreensões justas... (Sugestão de Cenário: Simeão com Jesus nos braços no templo abençoando o menino)
Acalentamos o pensamento renovador, no recesso dalma, para a destruição de nossos ídolos de barro e desenvolvimento dos germens de espiritualidade superior.

Legenda: 12. Ferido na vaidade e na ambição, Herodes determina a morte do Pequenino Emissário. (Sugestão de Cenário: Herodes furioso em seu  Palácio mandando em seus empregados)
Comentário: A ignorância que nos governa, desde muitos milênios, trabalha contra a ideia redentora, movimentando todas as possibilidades ao seu alcance.

Legenda:13. Conserva-se Jesus na casa simples de Nazaré. (Sugestão de Cenário: Jesus ainda criança na casa simples em Nazaré)
Comentário: Nunca poderemos fornecer testemunho à Humanidade, antes de faze-lo junto aos nossos, elevando o espírito do grupo a que Deus nos conduziu.

Legenda: 14. Trabalha o Pequeno Embaixador numa carpintaria. (Sugestão de Cenário: Jesus ainda criança trabalhando na construção de bancos de madeira na carpintaria)
Comentário: Em toda realização superior, não poderemos desdenhar o esforço próprio.

Legenda: 15. Mais tarde, o Celeste Menino surpreende os velhos doutores. (Sugestão de Cenário: Jesus aos 12 anos no templo conversando com os doutores da lei )
Comentário: O pensamento cristão entra em choque, desde cedo, com todas as nossas antigas convenções relativas à riqueza e à pobreza, ao prazer e ao sofrimento, à obediência e à mordomia, à filosofia e à instrução, à fé e à ciência. Trava-se, então, dentro de nosso mundo individual, a grande batalha.

Comentário final: Aqui termino minhas humildes lembranças do Natal simbólico.   Segundo observais, o Evangelho de Nosso Senhor não é livro para os museus, mas roteiro palpitante da vida.  (Pontos e contos. Natal simbólico. Espírito  Humberto de Campos.  Psicografado por Chico Xavier)

(Baseada no livro: Pontos e contos. Natal simbólico. Espírito  Humberto de Campos.  Psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode