Dinâmica - Mundo material X Mundo espiritual

Objetivo: Perceber a diferença da alimentação, do trabalho, da moradia e do transporte dos Espíritos evoluídos (por exemplo: Chico Xavier), medianos (por exemplo: Espírito André Luiz) e atrasados que estão no mundo material ou no mundo espiritual,  utilizando principalmente as informações contidas no livro "Nosso lar".
Participantes: Máximo 12 alunos.
Tempo Estimado: 30 min.
Material: 4 tabelas incompletas e 4 tabelas completas (imprimir em papel A4), cola bastão, 4 envelopes.
Descrição: O Evangelizador deverá recortar os textos das tabelas completas referentes a alimentação, trabalho,  moradia e transporte dos Espíritos, e  colocá-los, separadamente, dentro de 4 envelopes. Depois deverá dividir a turma em quatro grupos (cada um com três alunos) e entregar uma tabela incompleta com seu respectivo envelope (com seis textos) para cada grupo. Logo em seguida, deverá fazer a seguinte explicação: Hoje vamos aprender como é alimentação, o trabalho, a moradia e o transporte dos Espíritos encarnados no Mundo material e dos Espíritos desencarnados no Mundo espiritual, conforme o seu grau de evolução. Para isto, vamos utilizar a classificação simples de Allan Kardec*, conforme o tipo de pensamento do Espírito: " naquele que nem  se quer concebe a ideia do mal, já há progresso realizado (vamos usar a denominação de Evoluído); naquele a quem essa ideia acode, mas que a repele, há progresso em vias de realizar-se (vamos usar a denominação de mediano); naquele, finalmente, que pensa no mal e nesse pensamento se compraz , o mal ainda existe na plenitude da sua força (vamos usar a denominação de atrasado)" . Portanto, vocês deverão colar os textos nas lacunas correspondentes da tabela, conforme o grau de evolução dos Espíritos (condição espiritual) e depois ler diante turma, sendo que cada aluno do grupo deverá representar um tipo de espírito: Evoluído, Mediano ou Atrasado.
Obs.*: O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap.8. Item 7. Allan Kardec.

 

Condição espiritual

Alimentação no mundo material

Alimentação no mundo espiritual

Evoluído

Alimenta-se conforme as suas necessidades e ingere alimentos saudáveis (1). Obs.: Ser vegetariano não quer dizer que seja mais evoluído, pois Chico Xavier comia carne (2) e Adolf Hitler era vegetariano.

Não sente necessidade de comer, pois respira e absorve os princípios vitais da atmosfera (4).

Mediano

Se esforça para comer alimentos saudáveis, mas nem sempre consegue cumprir a meta,  algumas vezes, come em excesso e ingere bebidas alcoólicas (3).

Quando está no umbral sente sensação de fome, mas se estiver na colônia espiritual alimenta-se de caldos, água e frutas perfumadas, que são alimentos fluídicos (5).

Atrasado

Geralmente, alimenta-se com exagero, come alimentos prejudiciais e ingere bebidas alcoólicas em demasia, pois não se preocupa com a saúde.

Sente sensação de fome e quando consegue alimento, alimenta-se de comida fluídica semelhante ao da Terra, inclusive ingere bebidas excitantes (6). E se estiver na Terra, vivendo junto com os encarnados, absorve os fluídos dos seus alimentos materiais (7).

Condição espiritual

Trabalho no mundo material

Trabalho no mundo espiritual

Evoluído

Trabalha com alegria e cumpre a sua missão aqui na Terra,  repousando pouco (8). Por exemplo: Chico Xavier trabalhava na sua profissão e como médium, dormia em média quatro horas por dia e não tirava férias (9).

Trabalha constantemente com muita satisfação e quase nunca repousa (11).

Mediano

Se esforça para cumprir os seus deveres (obs.:alguns fazem trabalhos voluntários),  mas não realiza toda a tarefa programada, às vezes, desperdiça seu tempo com muito repouso e horas de lazer  (10).

Quando está em condições, trabalha no mínimo oito horas por dia, em setores dentro da colônia espiritual ou no socorro espiritual do lado de fora, recebendo orientação de instrutores espirituais sábios. Ganha o bônus-horas (ficha de serviço individual)  e possui algumas horas de repouso (12).

Atrasado

Quando trabalha, não cumpri os deveres com eficiência, prefere ficar repousando, reclama constantemente, e muitas vezes, se revolta e  envolve-se com trabalhos desonestos.

Se estiver na colônia espiritual (favorecido pela intercessão de amigo) não trabalha, mas também não possui permissão para contato com familiares ou participar de locais de entretenimento (13).  Se estiver no umbral ou em outras zonas inferiores piores, sofre muito e pode trabalhar tanto para bem quanto para o mal, prejudicando espíritos encarnados ou desencarnados (14).

Condição espiritual

Moradia no mundo material

Moradia no mundo espiritual

Evoluído

Possui uma casa simples ou vive sem moradia,  não possui apego as coisas materiais,  portanto vive sem luxo e utiliza os recursos materiais para ajudar aqueles que ainda não possuem o necessário para viver (15). Por exemplo: João Batista era nômade e viveu no deserto, e Chico Xavier viveu em casas simples.

Mora em casas das colônias espirituais de transição, tais como "Nosso Lar" ou em planos espirituais superiores (16).

Mediano

Possui uma casa confortável ou simples ou  vive sem moradia, ainda é apegado a alguns luxos, portanto, somente algumas vezes, ajuda os mais pobres.

Vai direto morar numa casa ou hospital da colônia espiritual de transição (17)  ou passa por um período curto ou mais longo no umbral (por exemplo: No livro "Nossa Lar" relata que o Espírito André Luiz ficou durante oito anos, Eloisa ficou quinze dias e a mãe de Eloísa ficou algumas horas no umbral), mas depois é socorrido e levado para morar numa colônia espiritual (18).

Atrasado

Possui uma casa confortável ou simples ou vive sem moradia, em muitos casos,  rouba ou realiza trabalho desonesto para adquirir os bens materiais de luxo que deseja, pois ainda é muito apegado as coisas materiais.

Fica um longo período no umbral ou regiões piores conhecidas por trevas ou inferno, vivendo em cavernas ou palácios estranhos  (19)  ou ainda, se cometeu suicídio, pode ir para o vale dos suicidas. (20) . Em muitos casos, continua vivendo e dormindo na sua antiga casa material com os seus familiares na Terra. (21)

Condição espiritual

Transporte no mundo material

Transporte no mundo espiritual

Evoluído

Se tiver algum meio de transporte é simples, pois não possui apego aos bens terrenos. Por exemplo: Chico Xavier não tinha carro, quando ganhou um fusca, o trocou por macarrão e sopa para dar aos pobres. (22)

Se locomove através da volitação (força mental), não precisa utilizar meios de transporte. (23)

Mediano

Se tiver algum meio de transporte, valoriza o que possui, pois ainda tem apego aos bens materiais.

A grande maioria se locomove através de meios de transporte, como por exemplo, o aeróbus ou veículos puxados por cavalos, pois ainda não aprendeu a faculdade de volitação. (24)

Atrasado

Faz o possível para obter carros de luxo, em muitos casos, rouba ou realiza trabalho desonesto para adquirí-lo,  pois ainda é muito apegado as coisas materiais. 

A grande maioria se locomove do mesmo modo como se estivesse encarnado ainda. (25)  No entanto, há Espíritos perversos (inteligentes) com vigorosa capacidade de volitação, mas não conseguem ir tão longe. (26) Estes também fazem uso de carros soberbos puxados por escravos ou animais. (27).

Obs.: É importante ressaltar que estas tabelas possuem uma visão geral simplificada, portanto, pode haver casos excepcionais, que não foram detalhados aqui, pois, na realidade, os Espíritos podem ser classificados em diversos graus e ordens. Nesta tabela considera-se espíritos de 2° ordem (bons Espíritos) aqueles que são evoluídos, e espíritos de 3°ordem (Espíritos imperfeitos) aqueles que são medianos e atrasados (vide: O Livro dos Espíritos.  Questões 101 a 111. Allan Kardec). Segundo Allan Kardec, "São ilimitadas em número, porque entre elas não há linhas de demarcação traçadas como barreiras, de sorte que as divisões podem ser multiplicadas ou restringidas livremente.   (O Livro dos Espíritos. Questão 97. Allan Kardec).  (...) Os Espíritos são de diferentes ordens, ou graus, pelos quais vão passando sucessivamente, à medida que se purificam. Com relação ao estado em que se acham, podem ser: encarnados, isto é, ligados a um corpo; errantes, isto é, sem corpo material e aguardando nova encarnação para se melhorarem; Espíritos puros, isto é, perfeitos, não precisando mais de encarnação." (O Livro dos Espíritos. Questão 226. Allan Kardec)

Comentário: Na erraticidade, o Espírito progride? “Pode melhorar-se muito, tais sejam a vontade e o desejo que tenha de consegui-lo. Todavia, na existência corporal é que põe em prática as ideias que adquiriu.” (O Livro dos Espíritos. Questão 230. Allan Kardec) As condições dos Espíritos e as maneiras por que veem as coisas variam ao infinito, de conformidade com os graus de desenvolvimento moral e intelectual em que se achem. Geralmente, os Espíritos de ordem elevada só por breve tempo permanecem na Terra. Tudo o que aí se faz é tão mesquinho em comparação com as grandezas do infinito, tão pueris são, aos olhos deles, as coisas a que os homens mais importância ligam, que poucos atrativos lhes oferece o nosso mundo, a menos que para aí os leve o propósito de concorrerem para o progresso da humanidade. Os Espíritos de ordem intermédia estagiam mais frequentemente neste planeta, se bem considerem as coisas de um ponto de vista mais alto do que quando encarnados. Os Espíritos vulgares, esses são os que nele ficam de modo por assim dizer fixo, e constituem a massa da população invisível do globo terráqueo. Conservam quase que as mesmas ideias, os mesmos gostos e as mesmas inclinações que tinham quando revestidos do envoltório corpóreo. Metem-se em nossas reuniões, negócios, divertimentos, nos quais tomam parte mais ou menos ativa, segundo seus caracteres. Não podendo satisfazer às suas paixões, gozam na companhia dos que a elas se entregam e os excitam a cultivá-las. Entre eles, no entanto, há alguns mais sérios, que veem e observam para se instruírem e aperfeiçoarem. (O Livro dos Espíritos. Questão 327. Allan Kardec)

Obs.: O termo "erraticidade" se refere ao plano espiritual.
 

Referências Bibliográficas:

1 - Livro dos Espíritos. Questão 722 e 723. Allan Kardec.

2 - A terra e o semeador. Chico Xavier.

3 - Nosso Lar. Cap. 4. André Luiz. Chico Xavier.

4 - Nosso Lar. Cap. 9. André Luiz.Chico Xavier.

5 - Nosso Lar. Cap. 18. André Luiz. Chico Xavier.

6 - Nosso Lar. Cap. 18. André Luiz. Chico Xavier.

7 - Missionários da Luz. Cap.11. André Luiz. Chico Xavier.

8 - O Livro dos Espírito. Questão 575. Allan Kardec.

9 - A terra e o semeador. Chico Xavier /  No mundo de Chico Xavier. Questão 53. Chico Xavier.

10 - O Livro dos Espírito. Questão 578. Allan Kardec / Nosso lar. Cap. 14. André Luiz. Chico Xavier.

11 -  Nosso Lar. Cap. 8. André Luiz. Chico Xavier.

12 - Nosso Lar. Cap. 22. André Luiz .Chico Xavier.

13 - Nosso Lar. Cap. 22. André Luiz. Chico Xavier.

14 - Libertação. Cap. 11. André Luiz. Chico Xavier.

15 - O Livro dos Espíritos. Questão 720- a e 922. Allan Kardec.

16 - Nosso lar. Cap. 32. André Luiz / Chico Xavier.

17 - E a vida continua. Cap. 6. André Luiz. Chico Xavier.

18 - Nosso Lar. Cap. 7, 19 e 21. André Luiz.Chico Xavier.

19 - Libertação. Cap. 4. André Luiz. Chico Xavier.

20 - Memórias de um suicida. Yvonne A. Pereira.

21 - Missionários da Luz. Cap.11. André Luiz. Chico Xavier.

22 - No mundo de Chico Xavier. Questão 25. Elias Barbosa / Lições de Sabedoria - Marlene Rossi S. Nobre.

23 - Nosso Lar. Cap. 50. André Luiz. Chico Xavier.

24 - Nosso Lar. Cap. 10 e 50. André Luiz. Chico Xavier /  Os Mensageiros. Cap. 28. André Luiz.Chico Xavier.

25 - Os Mensageiros. Cap. 37. André Luiz. Chico Xavier.

26 - No mundo maior. Cap. 17.  André Luiz. Chico Xavier.

27 - Libertação. Cap. 4. André Luiz. Chico Xavier.

(Baseada principalmente no livro: Nosso Lar, ditado pelo Espírito André Luiz, psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode