Dinâmica - Ingredientes para a felicidade

Objetivo: Perceber quais sãos os verdadeiros ingredientes para conquistar a felicidade.
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 20min.
Material: 4 panelas pequenas, 8 folhas de papel color-set colorido (96 bilhetes), caneta, 8 potes descartáveis (para bolo ou doce), tesoura.
Descrição: O Evangelizador deverá, previamente, escrever em bilhetes as palavras a seguir, que serão os ingredientes de cada pote: dinheiro, sucesso, poder, relacionamento amoroso, saúde, paz na consciência, dever cumprido,  trabalho no bem. Cada pote deverá possuir 12 bilhetes com palavras repetidas, portanto, no total,  haverá 8 potes com 96 bilhetes.  O Evangelizador deverá colocar os potes em cima da mesa e dividir a turma em quatro grupos. Cada grupo receberá uma pequena panela onde deverão colocar os ingredientes, ou seja, as palavras que acreditam que sejam essenciais para conquistar a felicidade. Sendo assim, os alunos deverão analisar quais serão os ingredientes que deverão utilizar e a quantidade de cada um deles.  No entanto, cada grupo poderá pegar apenas no máximo 3 ingredientes (3 palavras repetidas) de cada pote. Dê no máximo 5 min, para colocar os ingredientes na panela e depois cada grupo deverá apresentar a sua receita e explicar por quais motivos aqueles ingredientes são essenciais para conquistar da felicidade. Obs.: Esclareça que a quantidade utilizada de cada ingrediente está diretamente relacionada a sua importância.
Comentário: Para conquistar a felicidade são necessários apenas três ingredientes: trabalho no bem, dever cumprido e paz na consciência. Quanto maior for a quantidade destes ingredientes, mais o indivíduo será feliz.
Segundo o Espírito Emmanuel, " Acreditamos que o Criador nos fez ricos a todos, sem exceção, porque a riqueza autêntica a nosso ver, procede do trabalho e todos nós, de uma forma ou de outra, podemos trabalhar e servir.   Quanto a felicidade, cremos que ela nasce na paz da consciência tranqüila pelo dever cumprido e cresce, no íntimo de cada pessoa, à medida que a pessoa procura fazer a felicidade dos outros, sem pedir felicidade para si própria." (Entender conversando. Ditada pelo Espírito Emmanuel. Questão 133. Chico Xavier)
De acordo com o Espírito Amélia Rodrigues, " Todas as criaturas aspiram à felicidade, que se apresenta para cada uma delas de maneira diferente: para o enfermo é a cura, para o faminto é o pão, para o sedento é a água refrescante, para o necessitado é o socorro que o livre de preocupação, para o solitário é a companhia, sendo algo especial para cada grau de aflição ou de sofrimento. A felicidade, no entanto, não é a falta de sofrimento. Existem pessoas que não se encontram enfermas, que não têm carência de coisa alguma e, no entanto, vivem dominadas pelo mau-humor, pelo desinteresse em torno da vida, tristes e macambúzias... Outras, no entanto, existem que sofrem dificuldades e são portadoras de enfermidades dilaceradoras, mas apesar disso, não se queixam, apresentam-se alegres e joviais, são fraternas e espalham bom ânimo. A felicidade, portanto, independe do que se tem, sendo um estado interior de paz, que as questões de ordem material não conseguem perturbar. "(Vivendo com Jesus. Cap. 6. Espírito Amélia Rodrigues.  Psicografado por Divaldo P. Franco)
(Baseada na ideia do grupo " Telegram - Evangelize com amor e arte")

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode