Dinâmica - Identificando emoções

Objetivo: Identificar a emoção sentida pelo personagem em determinada situação e  refletir como reagiria se acontecesse contigo.
Participantes: Máximo 18 alunos.
Tempo Estimado: 25min.
Material: 6 Copos descartáveis, figuras (imprimir em A4), tesoura, fita adesiva transparente, saco plástico transparente (ou caixinha de papelão),  frases (imprimir em papel sulfite A4 ou papel adesivo).
Descrição: O Evangelizador deverá, previamente, confeccionar os copos com as 6 emoções, colando com fita adesiva as seis figuras sobre eles. Depois deverá recortar todas as frases e colocá-las dentro de um saco plástico (misturadas). E fazer a seguinte explicação:"Nesta brincadeira, aprenderemos a identificar algumas emoções primárias, tais como, surpresa, nojo, medo, tristeza, raiva, alegria, que todos os seres humanos possuem.  As emoções primárias não são nem positivas nem negativas e todas são necessárias em nossa vida, pois estão ligadas ao instinto e a sobrevivência. O modo como lidamos e reagimos às emoções é que pode ser positivo ou negativo." Cada um receberá uma frase (ou mais) com perguntas e deverá responder qual é a emoção predominante do personagem diante daquela situação e como reagiria, se acontecesse contigo.  Se a emoção identificada for a alegria, por exemplo, o aluno deverá colocar a frase dentro do copo correspondente.
Obs.: Se o aluno disser uma reação negativa, como bater ou revidar, por exemplo, o Evangelizador deverá orientá-lo, dizendo que devemos aprender a controlar as nossas emoções. Não devemos reagir de imediato, usando a violência, como fazem os animais. Devemos  refletir com a razão sobre a situação e se for preciso, conversar com calma com o opositor para resolver o conflito.

Frases:
1.João ganhou uma bicicleta nova. O que você acha que ele sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
2. Julia xingou a Maria com um palavrão na escola. O que você acha que Maria sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
3. Rafael viu um rato no porão da sua casa próximo dele. O que você acha que ele sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
4. A Letícia recebeu uma festa inesperada para comemorar a sua saída do hospital.  O que você acha que  Letícia sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
5. Claúdia viu uma lesma no alface da sua salada, enquanto estava num restaurante. O que você acha que Claúdia sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
6. Eduardo não conseguiu passar no vestibular. O que você acha que Eduardo sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
7. Thiago recebeu o carinho da sua mãe, que algum tempo não via. O que você acha que ele sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
8. Fabiana disse para Manoel que ele era um idiota.   O que você acha que  Manoel sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
9. Ricardo foi  roubado no ponto de ônibus. O que você acha que  Ricardo sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
10. Eduardo recebeu a notícia inesperada de que ganharia um novo irmão. O que você acha que ele sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
11. Luana viu sua mãe trocando a fralda da sua irmã, pois estava cheirando mal.  O que você acha que ela sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
12. Bruno recebeu a notícia de que seu pai irá se separar da sua mãe. O que você acha que ele sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
13. Alexandre recebeu o sorriso de um velhinho, enquanto estava servindo sopa para pessoas carentes. O que você acha que Alexandre sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
14. Rogério bateu no Luan, por causa de uma disputa de jogo de futebol. O que você acha que Luan sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
15. Vivian ouviu um barulho estranho no telhado da sua casa, durante a noite. O que você acha que ela sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
16. Fátima recebeu a notícia inesperada de que sua irmã iria se casar. O que você acha que Fátima sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
17. Lucas viu muito ranho escorrendo do nariz da Luciana. O que você acha que Lucas sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
18. Gustavo recebeu a notícia de que seu desencarnou. O que você acha que Gustavo sentiu? Se acontecesse isto com você, como reagiria?
Chave de Correção para o Evangelizador: 1- Alegria, 2- Raiva, 3- Medo, 4- Surpresa, 5 -Nojo, 6 -Tristeza, 7- Alegria, 8- Raiva, 9- Medo, 10- Surpresa, 11-Nojo, 12- Tristeza, 13- Alegria, 14- Raiva, 15- Medo,  16 - Surpresa, 17-Nojo, 18-Tristeza.

Comentário:
As emoções, do ponto de vista psicológico , podem ser agradáveis ou desagradáveis, estabelecendo identidades, tais como aproximação, medo, repugnância e rejeição.
O importante no que concerne às emoções é o esforço que deve ser desenvolvido a fim de que sejam transformadas as nocivas em úteis.
Quando se expressam prejudiciais, o indivíduo tem o dever de trabalhá-las, porque algo em si mesmo não se encontra saudável nem bem orientado. Ao invés de dar expansão às suas tempestades interiores, deve procurar examinar em profundidade a razão pela qual assim se encontra, de imediato tentando alterar-lhes o direcionamento.
As emoções têm sua origem nas experiências anteriores do ser, que se permitiu o estabelecimento de paisagens internas de harmonia ou de conflitos.
Não se deve lutar contra as emoções, mesmo aquelas denominadas prejudiciais. Antes, cabe o esforço para desviar-se a ocorrência daquilo que possa significar danos em relação a si mesmo ou a outrem.
Inevitavelmente, o correm momentos em que as emoções nocivas assomam volumosas. A indisciplina mental e de comportamento abrem-lhe espaços para que se expandam. No entanto, a vigilância, ao lado do desejo de evitar-se danos morais, oferece recurso para impedir suas sucessivas consequências infelizes.
Nem sempre é possível evitar-se ocorrências que desencadeiam emoções violentas. Pode-se, no entanto, equilibrar o curso de sua explosão e o direcionamento dos seus efeitos.
(As emoções. Joanna de Ângelis. Mensagem psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco, em 09.03.09, no Centro Espírita Caminho da Redenção, Salvador, Bahia. Fonte: https://www.divaldofranco.com.br/mensagens.php?not=131)

(Baseada na atividade do site: https://www.smartkids.com.br/trabalho/emocoes)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode