Dinâmica - Grandes mentiras da história

Objetivo: Mostrar que as notícias falsas, também chamadas de "fake news", podem causar confusão, prejudicar a reputação de uma empresa ou de um indivíduo  ou  trazer outras consequências ruins.
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 25min.
Material: Frases.
Descrição: O Evangelizador deverá iniciar a dinâmica dizendo o seguinte: O ministro da propaganda na Alemanha Nazista, Paul Joseph Goebbels, disse certa vez: “Uma mentira dita mil vezes torna-se verdade.” Quase oito décadas nos separam e esta frase continua, infelizmente, atual. Existem muitas distorções nas histórias que ouvimos...O que você pensa que é, talvez não seja assim... talvez alguém, há muito tempo, tenha construído uma meia-verdade e repetido ela tantas vezes que se tornou uma verdade completa. Hoje vamos analisar algumas frases famosas que foram repetidas por muitas gerações, porém não são verdadeiras."
Neste momento, o Evangelizador deverá dividir a turma em três grupos e distribuir 5 frases diferentes para cada um, explicando que existe apenas uma frase verdadeira entre elas.  Cada grupo deverá conversar entre si,  identificar qual é a frase verdadeira, ler em voz alta e justificar a escolha diante da turma. No entanto, se algum dos grupos escolher uma frase mentirosa, o Evangelizador deverá explicar o motivo pelo qual aquela afirmação é falsa e mostrar a verdadeira.

GRUPO 1:
1.O homem veio do macaco  (F)
Comentário: Segundo o Espírito Emmanuel, "O macaco, tão carinhosamente estudado por Darwin nas suas cogitações filosóficas e científicas, é um parente próximo das criaturas humanas, falando-se fisicamente, com seus pronunciados laivos de inteligência;   mas a promoção do princípio espiritual do animal à racionalidade humana se processa fora da Terra, dentro de condições e aspectos que não posso vos descrever, dada a ausência de elementos analógicos para as minhas comparações." (1)

2. A Muralha da China pode ser vista do espaço (F)
Comentário: Nem a Muralha da China, nem as pirâmides do Egito. Se alguém olhar para a Terra do espaço, não verá nada além de nuvens, montes de terra e água. A menos que o astronauta em questão esteja equipado de lentes teleobjetivas superpoderosas, é impossível enxergar do espaço, a olho nu, qualquer tipo de construção existente na Terra. (2)

3. Misturar Coca-cola com mentos pode causar a morte (F)
Comentário: Várias pessoas receberam um e-mail relatando o caso de uma pessoa que havia ingerido  Coca-Cola Light   com uma pastilha   Mentos   sabor hortelã e morrido. Segundo o e-mail, a junção desses produtos ocasionava uma explosão. Mais uma mentira. O especialista da   USP   que é citado no e-mail   não existe . A Coca-Cola divulgou uma nota afirmando que “(...) ao ingerir uma bebida gasosa, esta entra em contato com a comida e   o máximo que pode ocorrer é uma pequena expansão do gás dentro da boca , que se dissipa rapidamente, não ocorrendo nada com intensidade semelhante ao experimento que se observa na internet.” (6)

4. Raios não caem duas vezes no mesmo lugar (F)
Comentário:  Em áreas de grande incidência, podem cair não somente dois, mas diversos raios. Prova disso é o Cristo Redentor, agraciado por seis raios por ano, em média, de acordo com o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). E o Empire State Building, em Nova York, que recebe 25 descargas, sendo que já aconteceu de o topo do prédio ser atingido oito vezes em apenas oito minutos. (3)

5. Adão e Eva nunca comeram uma maçã, segundo Gênesis (V)
Comentário:   No livro Gênesis não se menciona de que fruto se tratava; unicamente lê-se:   “... mas do fruto da Árvore que está no meio do jardim disse Deus: Não comereis dele...“ A ideia da maçã provavelmente é devida aos pintores renascentistas. (4)

GRUPO 2:
6. A Terra tem apenas sete mares  (F)
Comentário: A luz azul que guiou Tim Maia estava errada. Mas ele jamais descobriria que a Terra tem bem mais que os sete mares que habitam o imaginário popular (Existem cerca de 60 mares e 5 oceanos no mundo). Acredita-se que a teoria tenha origem no clássico As Mil e Uma Noites, uma coleção de contos populares árabes publicada há mais de mil anos. (2)

7. As pegadas dos astronautas ainda estão na Lua (V)
Comentário: Doze astronautas norte-americanos estiveram na Lua, transportados pelas naves Apollo, entre 1969 e 1972. Se ninguém apagar e nenhum meteorito cair em cima, até as pegadas deles deverão permanecer na  superfície do satélite por centenas de milhares de anos. (...)A erosão que acontece na Lua ocorre por gravidade (como a poeira que escorrega da borda íngreme de uma cratera), por pequenos tremores de terra ou pelo impacto de meteoritos e raios cósmicos”, enumera a géologa planetária brasileira Rosaly Lopes-Gautier, da Nasa. Como essas forças possuem efeitos reduzidos e não há nada capaz de mexer no que os americanos deixaram, é provável que a bandeira levada pelos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin, os primeiros homens a pisar no satélite, continue enfiada no solo lunar por 1 milhão de anos. (7)

8. Desapareceu? Espere 24h até fazer B.O. (F)
Comentário: No Brasil, não existe tempo mínimo de espera para notificar a polícia sobre o desaparecimento de alguém. O recomendado, inclusive, é que a ocorrência seja registrada nas primeiras horas da ausência. Isso tende a facilitar a localização pelos investigadores. “Essa ideia foi incorporada por filmes e seriados, já que cada país tem seu próprio procedimento”, diz o delegado Gabriel Bicca, da Polícia Civil do Rio Grande do Sul. (2)

9. A Amazônia é o pulmão do mundo  (F)
Comentário: Ninguém sabe como essa história mantém seu fôlego. Tudo bem que, com 7 milhões de quilômetros quadrados, a Bacia Amazônica absorve (muito) dióxido de carbono e libera (muito) oxigênio. É o processo da fotossíntese em escala gigantesca. Mas o pulmão segue uma lógica inversa, pois absorve oxigênio e libera gás carbônico. Além disso, a Amazônia consome quase todo o oxigênio que produz. O verdadeiro pulmão do mundo são as algas marinhas. (2)

10. O cantor Elvis Plesley não morreu  (F)
Comentário: De acordo com o registro oficial, Elvis morreu em 16 de agosto de 1977, aos 42 anos. O corpo foi achado em um dos banheiros da mansão de Graceland, em Memphis (Tennessee, EUA). Por volta das 10h Elvis, que era viciado em medicamentos e sofria de hipertensão, teria se levantado para ler no banheiro. O que aconteceu desse ponto até por volta das 14h pela namorada, Ginger Alden, é um mistério. A causa da morte foi, segundo legistas, um infarto fulminante. Porém muitos fãs não se convenceram da fatalidade e passaram a acreditar que a morte foi encenada. (5)

GRUPO 3:
11. A guerra dos 100 anos durou um século (F)
Comentário: Na verdade a guerra entre franceses e ingleses entre os séculos XIV e XV durou exatamente 116 anos (de 1337 a 1453). No entanto, na hora de determinar os períodos históricos a regra utilizada é a de arredondar os números para torná-los mais fáceis de se lembrar. (8)

12. Napoleão Bonaparte era baixinho (F)
Comentário: A baixa estatura de Napoleão é lenda. O imperador francês tinha 1,68 metros, altura dentro da média para os franceses do séculos 19 e bem razoável até para os padrões de hoje. Não se sabe muito bem o real motivo pelo qual Napoleão ganhou fama de baixinho. Uma hipótese: ele era frequentemente visto pelo povo à frente da Guarda Imperial, cheia de brutamontes. Por comparação, acabava parecendo um nanico. A rival Inglaterra também pode ter contribuído para difamá-lo. (8)

13. O futebol foi inventado na Inglaterra (F)
Comentário: Ao contrário do que muita gente pensa, os súditos da rainha não inventaram o futebol. Mas há bons motivos para que eles levem a fama. Os britânicos criaram as principais regras conhecidas hoje.  Além disso, definiram as medidas do campo, determinaram o tempo de jogo e fundaram a primeira associação de clubes, ainda na segunda metade do século 19.  Agora dizer quem de fato criou o esporte é tarefa quase impossível. Na própria Inglaterra existem relatos de jogos entre estudantes no século 16, mas o primeiro registro de algo parecido com o futebol remonta à Antiguidade. Na Grécia de quase 3 mil anos atrás praticava-se o episkyros, que tempos depois seria aperfeiçoado pelos romanos e rebatizado como harpastum.  Na época, jogava-se com as mãos e os pés, como o futebol americano. E teriam sido os romanos que levaram o esporte à Grã-Bretanha. (2)

14. Somos povoados por bactérias (V)
Comentário: Existem mais bactérias no seu organismo do que pessoas em toda a face da Terra. Há aproximadamente 100 trilhões delas vivendo no nosso corpo. (10)

15. Jesus Cristo nasceu no dia 25 de Dezembro (F)
Comentário: Por definição, Jesus nasceu no ano 1 da nossa era, pois o seu nascimento é o evento que marcou o início da era cristã. Na realidade a verdade é outra. Tudo começou em 525 d.C., quando Dionísio, o Pequeno, ao fixar o nascimento de Cristo em 25 de dezembro do ano 754 ab urbe condita (depois da fundação de Roma), efetuou um erro de cálculo da ordem de pelo menos cinco anos. Ele não havia considerado nem o zero (algarismo que seria introduzido na Índia no século IX a.C.) nem os quatro anos que o Imperador Augusto reinou com o seu próprio nome de batismo, Otávio. Por outro lado, com auxílio de acontecimentos históricos citados na Bíblia, poderemos determinar com maior precisão os prováveis anos nos quais teria nascido Jesus. De início, segundo São Matheus, sabe-se que Jesus nasceu durante o reinado de Herodes, que faleceu no ano 4 a.C., talvez nos meses de abril ou maio. Essa última conclusão prende-se ao fato de a morte de Herodes ter ocorrido antes da Páscoa dos judeus, e ter sido precedida por um eclipse da Lua. Ora, como o único eclipse lunar visível em Jericó foi o da noite de 12 para o dia 13 de março do ano a.C., como foi mencionado por Flavius Josephus, supõe-se que a morte de Herodes ocorreu provavelmente no mês que se seguiu ao eclipse. Em síntese: tudo indica que Herodes morreu entre 13 de março e 11 de abril, pois foi nesse último dia que se iniciou a Páscoa dos judeus. (9)

Observação: As frases 5, 7 e 14 são verdadeiras.

Referências - (1): Livro: Exilados de Capela. Cap. 4. No tempo dos primeiros homens. Edgard Armond;  (2):https://super.abril.com.br/sociedade/13-mentiras-em-que-todo-mundo-acredita/;  (3):https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/02/11/raios-nao-caem-duas-vezes-em-um-mesmo-lugar-veja-o-que-a-ciencia-diz.htm?cmpid=copiaecola
(4):https://ahduvido.com.br/42-grandes-mentiras-da-historia-mundial/;                                            (5): https://m.extra.globo.com/noticias/page-not-found/audio-prova-que-elvis-nao-morreu-diz-teoria-da-conspiracao-23351726.html;                                                                                                              (6):https://m.brasilescola.uol.com.br/curiosidades/as-7-maiores-mentiras-internet.htm.  (7):https://super.abril.com.br/comportamento/pegadas-dos-astronautas-estao-preservadas-na-lua/  (8):https://www.docsity.com/pt/noticias/curiosidades-2/10-maiores-mentiras-historicas-de-todos-tempos/ (9):https://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL237884-5603,00-ASTRONOMOS+E+HISTORIADORES+SE+UNEM+PARA+DESVENDAR+QUANDO+NASCEU+JESUS.html                  (10): https://www.hipercultura.com/maiores-curiosidades-do-mundo/

 
Comentário final: Quantas vezes por dia você recebe alguma mensagem mentirosa ou algum conteúdo duvidoso por meio do celular? Quantas vezes você averigua se essas mensagens são verdadeiras?  Ou ainda: quantas vezes você compartilha essas informações sem ao menos ter a confirmação do fato? Saiba que, uma notícia falsa pode trazer graves consequências...Há casos, por exemplo, em que os indivíduos recebem mensagens falsas de curas milagrosas por medicamentos e se automedicam, ficando gravemente doentes. Por isso, é muito importante pesquisar em livros ou em sites confiáveis se aquela notícia é falsa ou verdadeira.
(Baseada em diversos sites)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode