Dinâmica - Entrar em sintonia com seu anjo da guarda (Técnica de Relaxamento)

Objetivo: Utilizar a técnica de relaxamento para acalmar a mente dos alunos e tentar entrar em sintonia com seu anjo da guarda.
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 15min.
Material: texto, música instrumental relaxante e  rádio.
Descrição: O Evangelizador deverá reunir o grupo e colocar uma música (com som baixo) bem relaxante, de preferência instrumental. Depois, deverá pedir para que  se sentem de maneira confortável, ou mesmo, deitem no chão (se houve espaço e estrutura). E logo em seguida, deverá iniciar a técnica de relaxamento, dizendo:

Neste momento, vamos todos fechar os olhos e ir fazendo e imaginando aquilo que eu for dizendo...
Vamos respirar fundo uma vez ... duas vezes... sentindo o ar entrar e sair dos pulmões... mais uma vez, respirando fundo.
Agora vamos contar até três.
Um, sentindo os braços e as pernas relaxadas...  Dois , sentindo a barriga, o pescoço e a cabeça sem nenhuma pressão...   Três , sentindo todo o corpo relaxado e muito bem.
Agora imagine um lugar bonito, cheio de plantas e pássaros e um belo jardim. Veja as árvores, as flores e um lago, com águas tranqüilas e limpas.
Agora você vai se imaginar sentado, pode ser em uma cadeira, neste belo lugar. Você está calmo e tranqüilo, ouvindo os passarinhos e sentindo o vento nos cabelos.
Você está esperando alguém chegar. De repente você sente que uma alegria o invade e você olha e vê aquele olhar calmo, sereno, aquele sorriso contagiante. Você reconhece seu anjo da guarda, seu espírito protetor.
Ao vê-lo, você se sente envolvido por um abraço cheio de energias positivas. Vocês dois sentam-se para conversar e suas palavras cheias de amor e sabedoria invadem o seu coração... Você sabe que ele lhe ama muito e quer o seu bem, acompanha você desde antes de ter reencarnado, protege você e te dá bons conselhos.
Ele diz que você pode conversar com ele sempre que quiser, através da prece. Diz também que ele vai continuar te aconselhando a seguir no caminho do bem. Você está ouvindo tudo com muita atenção. A conversa é calma e tranqüila.
Antes de ir embora, ele te dá um último conselho: um conselho para o bem, mas que só você sabe o que é. Neste momento você está ouvindo este conselho...
Seu anjo da guarda então se despede de você com um abraço especial e diz que estará sempre com você, te auxiliando.
Você, então, vê ele se afastar e observa novamente o lugar onde está: um jardim muito bonito. Foi um encontro muito especial, mas agora é preciso retornar para a sala de aula.
Devagar, você vai se espreguiçar enquanto eu conto de um a três. Um , espreguiçando os braços ...   Dois , espreguiçando as pernas ...   Três , dando um grande bocejo... Você está novamente se sentindo bem, e nesta sala de aula. Pode abrir levemente os olhos e se espreguiçar mais uma vez. Para dizer que está tudo bem, dê um sorriso.
Logo após, o Evangelizador deverá perguntar para todos os alunos,  individualmente, o que sentiram nesta experiência.

Comentário: Todos temos, ligado a nós, desde o nosso nascimento, um Espírito bom, que nos tomou sob a sua proteção.  Desempenha junto de nós, a missão de um pai para com seu filho: a de nos conduzir pelo caminho do bem e do progresso, através das provações da vida. Sente-se feliz, quando correspondemos a sua solicitude; sofre quando nos vê sucumbir.  Seu nome pouco importa, pois bem pode dar-se que não tenha nome conhecido na Terra; invocamo-lo, então, como nosso anjo guardião, nosso bom gênio; podemos mesmo invocá-lo sob o nome de qualquer Espírito superior, que mais viva e particular simpatia nos inspire. (O Evangelho Segundo o Espiritismo.  Cap. 28. Item 11. Allan Kardec)

(Fonte da técnica de relaxamento: https://sementinhaespirita.blogspot.com/2012/10/anjos-de-guarda-ou-anjos-guardioes.html)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode