Dinâmica - Assim será o Reino de Deus

Objetivo: Mostrar como será o reino de Deus na Terra,  quando os homens colocarem o Evangelho de Jesus Cristo em seus corações.
Participantes: Máximo 20 alunos (duplas).
Tempo Estimado: Indeterminado.
Material: 10 frases (imprimir em papel canson A4), cola bastão,tesoura, 10 sacos plásticos transparentes, cartolina azul claro, fita crepe.
Descrição: O Evangelizador deverá, previamente, recortar as palavras que formam as frases e colocá-las em 10 sacos plásticos transparentes. Além disso, deverá escrever o seguinte título na parte superior da cartolina:  Assim será o Reino de Deus implantado na Terra... Na sala de aula,  deverá perguntar: Vocês sabem como será o Reino de Deus quando o Evangelho for implantado em toda Terra?  (Aguarde as respostas) Neste momento, distribua o conjunto de palavras embaralhadas para cada dupla, para que elas possam formar 10 frases diferentes, que explicará como será o Reino de Deus, quando o Evangelho for implantado sobre toda a Terra. Vencerá a dupla que conseguir formar a frase primeiro. Depois  as duplas deverão colar na cartolina as frases que receberam na sequência correta e desenhar em torno delas uma torre de um castelo, que representará o Reino de Deus ou Reino dos Céus.

Frases:
A -  Dor - haverá -  cumprido - a -  missão - de -  educar.
A  - Verdade -  imperará -  no  - mundo.
A -  Justiça -  vencerá, -  por -  fim.
O - Bem -  ditará - as - normas - da -  vida.
A - Fraternidade - unirá - os - povos.
A - Paz - alicerçará - o - progresso - geral.
A - Alegria - purificará - as - emoções.
O - Perdão - nascerá - espontâneo.
A - Natureza - não - mais -  sofrerá  - violência.
O -  Amor -  será  - exaltado -  entre - as - maiores - virtudes.

Obs.: As frases não estão na ordem e foram retiradas do livro: Juntos venceremos . Assim será. Irmão José. Chico Xavier / Carlos A. Baccelli.
Comentário: Como cada um de nós pode colaborar para implantar o Reino de Deus na Terra? (Aguarde as respostas). Para que atinjamos, no mundo, o Reino de Deus, não nos pede o Senhor peregrinações de sacrifício a regiões particulares; espera, no entretanto, que demonstremos coragem suficiente para ver, dia por dia, no exato cumprimento de nossos deveres, na viagem difícil da reencarnação.
Não exige que nos diplomemos nos preceitos gramaticais do idioma em que desfrutamos agora o privilégio do entendimento mútuo; espera, porém, que saibamos dizer sempre a palavra equilibrada e reconfortante, em auxílio de nossos companheiros da idade.
Não nos obriga à renúncia dos bens terrenos; espera, todavia, que nos dediquemos a administrá-los sensatamente, empregando as sobras possíveis no socorro aos irmãos em penúria.
Não nos impele a ginásticas especiais para o desenvolvimento prematuro de forças físicas ou psíquicas; espera, entretanto, que nos esforcemos por barrar os pensamentos infelizes, dominando as nossas tendências inferiores.
Não nos solicita a perfeição moral de um dia para outro; espera, contudo, que nos disponhamos a cooperar com ele, suportando injúrias e esquecendo-as, em favor do bem comum.
Não nos determina sistemas sacrificiais de alimentação ou processos de vida incompatíveis com as nossas necessidades justas e naturais; espera, porém, que tenhamos respeito ao corpo que a Lei da Reencarnação nos haja emprestado, guardando fidelidade invariável aos compromissos que assumimos, uns à frente dos outros.
Não nos aconselha o afastamento da vida social, sob o pretexto de preservarmos qualidades para a glória celeste; espera, no entanto, que exerçamos bondade e paciência, perdão e amor, no trato recíproco, a fim de que, a pouco e pouco, nos certifiquemos de que todos somos irmãos perante o mesmo Pai.
Jesus não nos pede o impossível; solicita-nos apenas colaboração e trabalho na medida de nossas possibilidades humanas, cabendo-nos, porém, observar que, se todos aguardamos ansiosamente o Mundo Feliz de Amanhã, é preciso lembrar que, assim como um edifício se levanta da base, o Reino de Deus começa de nós. (Alma e coração. Para o reino de Deus. Espírito Emmanuel. Psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode