Dinâmica - As religiões monoteístas: Judaísmo, Catolicismo, Islamismo e Espiritismo

Objetivo: Conhecer as diferenças e semelhanças entre as religiões monoteístas, que se originaram a partir dos descendentes do patriarca Abraão.
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 40min.
Material:  Lousa (cartolina ou papel), giz e 4 cartões para cada aluno (imprimir em papel A4).   
Descrição:  O Evangelizador deverá escrever o nome de todos os alunos na lousa e distribuir para cada um deles quatro cartões: Judaísmo, Catolicismo,  Islamismo e Espiritismo. Depois deverá escrever na lousa (ou em outro material), uma das frases e pedir para que os alunos leiam  e mostrem  o cartão da ''religião'' que possui este conceito.  O Evangelizador  atribuirá um ponto, na lousa, para aqueles que acertarem. E logo em seguida, deverá continuar o mesmo procedimento para as demais frases. Vencerá aquele que adquirir mais pontos.

Frases:
- Os  fiéis têm obrigação de participar da missa todos os domingos  e dos outros dias festivos, que são celebradas por um padre, que utiliza uma batina como vestimenta e recebe um salário (a côngrua)  pelos serviços prestados. (Catolicismo)
- Eles seguem  a Torá (os cinco livros de Moisés, ou Pentateuco) e os profetas,  livros que estão no Antigo Testamento da Bíblia. (Judaísmo)
- Na Páscoa comemoram a ressurreição da carne de Jesus Cristo, após sua morte na cruz e costumam participar da Quaresma (período de quarenta dias que antecede a celebração pascal), no qual  alguns  fazem jejum, para fins de penitência e renovação. (Catolicismo)
-  Reunem-se nas sinagogas, onde não há imagens religiosas nem objetos no altar, pois as imagens são proibidas e exige-se que os homens cubram a cabeça com um Kipá, como sinal de respeito e reverência a Deus. (Judaísmo)
- O sermão e o ensino da Lei são responsabilidade do rabino, sempre um homem instruído e de alta escolaridade, que recebe um salário pelos serviços prestados.(Judaísmo)
- Seguem os ensinos dos Espíritos Superiores, coordenados por Allan Kardec e também estudam a Bíblia, considerando a sua Doutrina a chave para compreensão do Antigo e Novo Testamentos. (Espiritismo)
  - Aguardam a vinda do Messias, que trará um era de paz mundial, pois não reconhecem Jesus Cristo como o Salvador prometido. (Judaísmo)
- Cultuam a imagem de santos, rezam o terço e  acendem velas para fazer pedidos ou agradecer pelas bênçãos. Fazem ofertas de dinheiro, sem compromisso, durante a coleta de doações. (Catolicismo)
-  Creem no sacramento da confissão, que consiste em confessar os pecados ao padre, receber a penitência e o perdão divino das faltas cometidas. (Catolicismo)
- Repetem várias vezes todos os dias o seguinte credo: "Não há outro Deus senão Alá, e Maomé é seu Profeta." O adepto desta crença é chamado de muçulmano. (Islamismo)
- Realizam a caridade aos pobres por meio da doação de 2,5% de seus lucros pessoais, o zakat.  (Islamismo )
- Acreditam no ritual da Eucaristia, no qual a hóstia (o pão) e o vinho são transmutados em corpo e sangue de Jesus Cristo, e  oferecidos no altar para entrar em comunhão com Deus.  (Catolicismo)
- As atividades básicas desenvolvidas são: Palestras Públicas,  Evangelização Infantojuvenil,  Recepção e Atendimento Fraterno,  Atendimento de Passe e Água fluidificada, Atendimento Médico espiritual, Educação Mediúnica, Reunião de Desobsessão. (Espiritismo)
- Consideram como oficiais 73 livros da Bíblia, que incluem Antigo e Novo Testamentos, mas os seus seguidores recebem um folheto litúrgico para participar da missa. (Catolicismo)
- Para os seguidores,  o Alcorão , é o livro sagrado que contém o registro das palavras exatas reveladas por Deus (Allah) por intermédio do anjo Gabriel a  Maomé (Mohammad), que o memorizou e ditou aos seus companheiros. Neste livro consideram, Abraão, Moisés e Jesus como profetas. (Islamismo)
- Devem fazer a peregrinação, pelo menos uma vez na vida, a Meca (situada na Arábia Saudita), local onde nasceu e enterrou o seu profeta, se tiver condições físicas. (Islamismo)
- No dia mais sagrado do ano, o Yom Kippur (dia da Expiação) os adultos passam-no na Sinagoga, em orações e súplicas, observando um rigoroso jejum de 25 horas, buscando o perdão divino para os seus pecados. (Judaísmo)
- Não possui altares, estátuas, quadros, incensos, velas, etc., pois  não emprega em suas práticas quaisquer ritos ou rituais. Creem que o jejum deva ser espiritual, isto é, devem abster-se de todo mau pensamento, de toda má palavra, de todo ato que nos degrade aos olhos do nosso Criador. (Espiritismo)
- Participam nas mesquitas das  obrigações do  Ramadã,  um mês de intensas orações, jejum do amanhecer ao anoitecer e cerimônias de desjejuns noturnos. (Islamismo)
- Acreditam que todas as situações da nossa vida são regidas pelo princípio da lei de causa e efeito, ou seja, teremos que sofrer a expiação pela mal cometido nesta ou em outra existência e receberemos recompensa pelo bem que fizermos. (Espiritismo)
- Na festa de Páscoa, que é celebrada aproximadamente em 14 de abril, no  início da primavera, comemoram a libertação do povo de Israel da escravidão no Egito. (Judaísmo)
- Os fiéis devem orar cinco vezes ao dia , direcionados para Meca. Para praticar a oração, o fiel se ajoelha sobre um tapete e, por diversas vezes, se curva enquanto entoa a reza. A maioria das mulheres utilizam um véu que cobre a cabeça, chamado de hijab e os homens utilizam um turbante. (Islamismo)
- Esse núcleo de oração, fraternidade e estudo possui um  dirigente (o Presidente da Casa), que é responsável pelas atividades em geral, e outros assistentes, responsáveis por setores específicos, mas nenhum deles recebe salário pelo trabalho voluntário ou utiliza trajes especiais. (Espiritismo)
- Suas atividades são todas gratuitas e têm como base a recomendação de Jesus Cristo feita aos seus Apóstolos, que dizia assim: "Divulguem a Boa Nova, (...) curem os doentes e expulsem os demônios (espíritos maus). Seguem a máxima:  "Fora da caridade não há salvação". (Espiritismo)
Comentário: Abraão é um personagem bíblico citado no Livro do Gênesis a partir do qual se desenvolveram três das maiores religiões da humanidade: o judaísmo, o cristianismo e o islamismo. Em Israel, os adeptos do judaísmo seguem  os ensinos dos antigos profetas e de Moisés,  contidos no Antigo Testamento (na Bíblia). O islamismo surgiu a partir das revelações feitas pelo profeta Maomé, registradas no livro Alcorão. E as várias vertentes do Cristianismo, tais como: a Católica  (325 d. C), a   Ortodoxa (1054 d.C)   e a   Protestante (1517 d. C) surgiram séculos depois  da  vinda do Cristo.
O Espiritismo  não é uma religião como as outras,  visto que não tem cultos, nem rituais, nem  dogmas e nenhum dos seus adeptos recebe o título  superior de Sacerdote ou Papa. O Espiritismo respeita todas as convicções sinceras e  não afasta pessoa alguma das suas crenças. Uma de suas metas é  reformar a legislação ainda tão frequentemente contrária às leis divinas; colocar fim às interpretações erradas, e restaurar a religião do Cristo (o verdadeiro Cristianismo), que foi modificada e corrompida.  Além disso, pretende unir os homens em uma mesma crença, porque não há senão um Deus, e suas leis são as mesmas para todos.
(Baseada na aula inicial, 51 e 55 do site Passatempo Espírita)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode