Dinâmica - Arrependimento

Objetivo: Perceber quais são as  consequências ruins  que as atitudes erradas podem nos  ocasionar e  compreender  a importância do arrependimento verdadeiro para que não cometa os mesmos erros no futuro e sofra com isto.
Participantes:  Máximo 15  alunos.
Tempo Estimado: 15 min.
Material: Bilhetes com frases e saco plástico transparente.
Descrição: O Evangelizador deverá dobrar, antecipadamente,  os bilhetes com  as frases incompletas  e colocá-las dentro de um saco plástico transparente e escrever na lousa a seguinte frase: O Apóstolo Pedro disse: Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados...(Atos dos Apóstolos 3:19). Depois deve fazer a seguinte pergunta: "Vocês sabem o que é arrependimento? (Aguarde as respostas).  Estar arrependido é  sentir-se culpado pelo erro cometido e não ter a intenção de praticá-lo novamente. Muitos dizem que estão arrependidos dos seus erros  por causa das consequências ruins e do sofrimento que isto lhe causa, mas nem  sempre o arrependimento é verdadeiro. Escutamos muito a palavra “desculpa aí, foi mal”, mas essa não é a maneira correta de pedir perdão. Primeiramente devemos nos arrepender com sinceridade e depois dizer: “Você me perdoa pelo que fiz? Estou arrependido (a)! “Procurarei fazer diferente da próxima vez, da forma correta”! (*) Ou melhor, não cometerei o mesmo erro novamente! Para que vocês compreendam melhor a importância do arrependimento e da vontade de querer melhorar , hoje vocês irão dizer pra mim as consequências ruins dos erros cometidos por crianças que desobedeceram os seus pais, xingaram, mentiram, maltrataram os seus colegas e até mesmo os animais e hoje estão arrependidas. "

O aluno deverá pegar um bilhete com a frase incompleta, ler diante da turma, e completá-la com uma consequência ruim,  explicando o motivo pelo qual se arrependeu.  A atitude errada poderá ter mais de uma consequência ruim,  desde que faça sentido,  portanto será válida mais de uma resposta. Dê um exemplo  para  que eles possam entender:

Frase: Uma garota não quis participar das aulas de evangelização infantil e se arrependeu do que fez porque...
-  não pôde aprender valiosas lições que poderiam ter lhe consolado nos momentos difíceis.
-  não pôde aprender valiosas lições que poderiam ter lhe ajudado na sua evolução moral.
-  não pôde aprender valiosas lições que poderiam fazer com que evitasse de cometer vários erros.

Frases incompletas:
1. Um garoto comeu muita feijoada e se arrependeu do que fez porque...
2. Uma garota não estudou para a prova e se arrependeu do que fez porque...
3. Um garoto pichou o muro da escola e se arrependeu  do que fez  porque...
4. Uma garota desobedeceu o seu pai e andou de bicicleta sozinha e se arrependeu do que fez porque...
5. Um garoto bateu no colega da escola e se arrependeu do que fez porque...
6. Uma garota ficou conversando durante a aula da professora de matemática e se arrependeu do que fez porque...
7. Um garoto falou um palavrão para o seu irmão caçula e se arrependeu do que fez porque...
8. Uma  garota não escovava os dentes após as refeições e se arrependeu do que fez porque...
9. Um garoto mentiu para sua mãe  que estava doente para faltar a aula e se arrependeu do que fez porque...
10. Uma garota falou mal da sua melhor amiga para todos da escola e se arrependeu do que fez porque...
11. Um garoto fez bullying com seus colegas da escola, colocando apelidos maldosos, e se arrependeu do que fez porque...
12. Uma garota jogou o lixo na areia da praia e se arrependeu do que fez porque...
13. Um garoto  roubou a pipa do seu vizinho que caiu no chão e se arrependeu do que fez porque...
14. Uma  garota  desrespeitou a professora com palavras ofensivas  e se arrependeu do que fez porque...
15. Um garoto jogou pedras num cachorro de rua e se arrependeu do que fez porque...
 

Comentário: Perceba o quanto sofremos e fazemos o outro sofrer...Então será que vale a pena cometer estes erros? Segundo  Allan Kardec, " O arrependimento, embora seja o primeiro passo para a regeneração, não basta por si só; são precisas a expiação e a reparação. (...) A expiação consiste nos sofrimentos físicos e morais que lhe são consequentes, seja na vida atual, seja na vida espiritual após a morte, ou ainda em nova existência corporal. A reparação consiste em fazer o bem àqueles a quem se havia feito o mal. (...) Arrependimento, expiação e reparação constituem, portanto, as três condições necessárias para apagar os traços de uma falta e suas consequências. ( O céu e o inferno. Código penal da vida futura. Item 16 e 17. Allan Kardec)

(Baseada no livro O céu e o inferno. Código penal da vida futura. Item 16 e 17. Allan Kardec / * Comentário retirado do site Seara do Mestre)