Dinâmica - Aptidões utilizadas no Centro Espírita

Objetivo: Identificar as suas aptidões (habilidades) e saber como poderiam ser utilizadas no Centro Espírita.
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: Indeterminado.
Material: Cartolina, palavras (imprimir em papel A4), fita crepe.
Descrição: O Evangelizador deverá colar o título " Diversas aptidões " na parte superior da cartolina, e colar (com fita crepe), na parte inferior, diversas aptidões, tais como: inventar brincadeiras para crianças, cozinhar, tocar instrumento musical, desenhar, interpretar os textos bíblicos, dar bons conselhos, saber ouvir o outro, costurar, tricotar, cantar, organizar a casa, comunicar-se com clareza, limpar a casa (Obs.: A quantidade de cada habilidade deverá ser conforme a quantidade de alunos, portanto , se houver 10 alunos, precisará, por exemplo, de 10 palavras "cozinhar"). O Evangelizador deverá colocar a cartolina na parede da sala de aula e pedir para que cada aluno escolha uma aptidão, que acredita que possui e retire da cartolina.(Obs.: Se o aluno tiver mais que uma aptidão, ele deverá escolher aquela que considera mais hábil). Depois o Evangelizador deverá, individualmente , fazer a seguinte pergunta: Como você poderia utilizar esta aptidão no Centro Espírita?
Alguns exemplos  do que os alunos poderão responder:
Inventar brincadeiras para crianças na Evangelização infantil, para instruí-las de forma divertida.
No futuro, ser um voluntário para cozinhar sopas para pessoas carentes, que vêm buscar o alimento no Centro Espírita.
Tocar instrumento musical, como o violão, por exemplo, para que juntamente com o cantor, possa produzir uma música edificante na aula de Evangelização infantil.
Desenhar atividades para as crianças possam pintar ou criar ilustrações para as histórias que serão contadas para elas.
Participar de um grupo de estudos e ajudar aqueles que possuem dificuldade de  interpretar os textos bíblicos.
No futuro, ser um voluntário do atendimento fraterno para dar bons conselhos e orientar aqueles que vem buscar ajuda no Centro Espírita.
No futuro, ser um voluntário da recepção do Centro Espírita, de modo que saiba ouvir o outro para encaminhá-lo para o devido setor de atendimento. Ou participar de visitas ao asilo e ouvir com muita boa vontade as histórias contadas pelos idosos.
Costurar roupinhas de bebê para mães carentes ou ensiná-las a costurar.
Tricotar sapatinhos ou touquinhas para bebês de mães carentes.
Cantar músicas edificantes nas aulas de evangelização infantil.
Organizar os livros da biblioteca do Centro Espírita.
Ajudar a distribuir a sopa, explicando com clareza que todos devem antes lavar as mãos e ficar na fila para receber o alimento, sem provocar tumulto. Ou, no futuro, ser um palestrante espírita, pois consegue comunicar-se com clareza.
Limpar a Casa Espírita, pois o templo também precisa de faxina.

Comentário: Deus criou iguais todos os Espíritos, mas cada um destes vive há mais ou menos tempo, e, conseguintemente, tem feito maior ou menor soma de aquisições. A diferença entre eles está na diversidade dos graus da experiência alcançada e da vontade com que obram, vontade que é o livre-arbítrio. Daí o se aperfeiçoarem uns mais rapidamente do que outros, o que lhes dá aptidões diversas. Necessária é a variedade das aptidões, a fim de que cada um possa concorrer para a execução dos desígnios da Providência, no limite do desenvolvimento de suas forças físicas e intelectuais. O que um não faz, fá-lo outro. Assim é que cada qual tem seu papel útil a desempenhar. (O Livro dos Espíritos. Questão 804. Allan Kardec).
(Baseada no Livro dos Espíritos. Questão 804. Allan Kardec)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode