Dinâmica - Ante o ofensor

Objetivo: Colocar-se no lugar do seu opositor, na condição  de filho de Deus e imaginar como gostaria de ser tratado pela lei, caso tenha cometido um crime.
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 15min.
Material: lousa e giz.
Descrição: O Evangelizador deverá escrever na lousa uma pergunta sobre um crime hipotético, questionar os alunos como deveriam tratar o criminoso e anotar as respostas.
Pergunta:
Se um filho roubasse os seus próprios pais como deveria ser tratado?
Após anotar as respostas dos alunos na lousa, faça outros questionamentos:
Se este filho fosse você como gostaria de ser tratado? Gostaria de receber o mesmo tratamento que havia pensado antes? Gostaria de receber o perdão dos seus pais e familiares? (Aguarde as respostas)
Comentário: Quase sempre categorizamos aqueles que nos ferem por inimigos intoleráveis; entretanto, o Divino Mestre, que tomamos por guia, determina venhamos a perdoar-lhes setenta vezes sete. (...)Se a injúria nos visita o cotidiano, pensemos em nossos opositores na condição de filhos de Deus, tanto quanto nós, e, situando-nos no lugar deles, analisemos o que estimaríamos receber de melhor das Leis Divinas se estivéssemos em análogas circunstâncias. (...) Efetuado o autoexame, não mais nos permitiremos qualquer censura e sim proclamaremos no coração a urgente necessidade de amparo da Misericórdia Divina, em favor deles, e a nosso próprio benefício. (Rumo certo. Agressores e nós. Espírito Emmanuel.  Psicografado por Chico Xavier)
Segundo André Luiz: " O adversário em quem você julga encontrar um modelo de perversidade talvez seja apenas um doente necessitado de compreensão.  (...) A melhor maneira de aprender a desculpar os erros alheios é reconhecer que também somos humanos, capazes de errar talvez ainda mais desastradamente que os outros." (Sinal verde. Antagonistas. Psicografado por Chico Xavier)
(Baseada no livro: Rumo certo. Agressores e nós. Espírito Emmanuel.  Psicografado por Chico Xavier e no livro: Sinal verde. Antagonistas. Psicografado por Chico Xavier)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode