A tentação do Cristo

        Crianças, nem tudo o que está escrito na Bíblia aconteceu de fato, existem trechos do Evangelho, que são como as parábolas, ou seja, são histórias simbólicas para nos trazer ensinamentos morais.  Nesta história que vou lhes contar hoje, não podemos considerar que Jesus tenha sofrido a tentação de um Espírito mau. Sendo um Espírito perfeito, jamais aceitaria uma sugestão ruim. Este trecho do Evangelho é apenas uma alegoria para nos ensinar a resistir às tentações do mal no nosso dia a dia.
        Nas Escrituras antigas, conta-se que Jesus foi para o deserto meditar, onde não havia nada, nem ninguém. E, durante quarenta dias e quarenta noites permaneceu em jejum, sem comer e sem beber, orando e falando com Deus.
        Em certo momento ficou com fome, e aproveitando-se da sua fraqueza,  o Espírito mau aproximou-se dele e lhe disse:
        -  "Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães". Em outras palavras, ele quis dizer: basta uma ordem sua para que tudo isto se transforme pães fresquinhos, iguaizinhos aos feitos pela sua mãe.   
        No entanto ,Jesus lhe respondeu:  "Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus!"  Vocês, crianças, não necessitam apenas de pão material, para o sustento do seu corpo físico , mas precisam, acima de tudo, ouvir os ensinamentos divinos, que é o alimento espiritual para a nossa alma.  
        Ainda assim, o Espírito mau não desistiu! Quando Jesus subiu no ponto mais alto do templo, ele lhe disse: "- Se tu és o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo; Pois está escrito: Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em pedra alguma". O mau Espírito queria fazê-lo acreditar que nada aconteceria e que os anjos iriam salvá-lo da morte...
        No entanto, Jesus lhe respondeu: "Não tentarás o Senhor teu Deus". Ou seja,  ninguém pode mudar as leis divinas. Se fizermos algo contra a vontade de Deus, sofreremos as consequências e nenhum anjo poderá nos salvar .
        Apesar disso, o espírito mau continuou insistindo em convencê-lo. Quando Jesus subiu no topo da montanha, ele lhe mostrou  todos os reinos do mundo, e lhe disse:  "- Tudo isto lhe darei, se você se prostrar e me adorar. " Então  Jesus lhe disse: "Vai embora, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás"; isto é, ninguém pode servir à dois senhores (a Deus e as riquezas) ; porque ou há-de aborrecer um e amar o outro.
        Então, após dito isto, finalmente o espírito mau o deixou em paz e os anjos vieram em seu auxílio.
        Da mesma forma acontece conosco, quando não damos ouvidos para influência dos maus Espíritos, eles se afastam e os bons se aproximam.
(História baseada em Mateus 4:1-11 e no livro: A Gênese. Cap. 15. Item 53. João Evangelista/ Allan Kardec. Fabiana F. Freitas)

Passatempo Espírita © 2013 - 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode