A Sementinha

As plantinhas nascem de uma semente e crescem...

Os filhotes ficam adultos...

O bebê começa engatinhando, depois aprende a andar, depois correr. Está sempre aprendendo coisas novas.

Nós também, na escola, estamos sempre aprendendo. Vamos aprender a ler, escrever e um dia poderemos ser professores, médicos, mecânicos, advogados, etc.

Jesus disse que somos todos filhos de Deus e, portanto, temos muito para aprender e evoluir. Somos como a sementinha (o grãozinho de mostarda) que cresce e se transforma em uma árvore imensa.

 Os arbustos e as flores que a rodeavam faziam a maior gozação por ela ser pequenina.

Era uma vez uma sementinha que caiu sobre a terra.

Olha só isso!

Que coisinha mais mixuruca!

Deve ser só um matinho, ah, ah, ah!!

E ainda ouvia canções de gozação.

Olha só que feiurinha...

Baixinha e gorduchinha...

Tra, la la la

E ela foi se afundando na terra, de vergonha!

E ficou lá por muito  ... muito tempo.

Até que um dia, durante uma chuva forte no jardim...

... uma gotinha de água foi falar com a sementinha, e lhe deu a maior força...

E ela decidiu sair!

E voltaram as gozações...

A bela adormecida acordou?

Mas ela não se deixou vencer...e cresceu... cresceu... cresceu...

Nossa! Olha só!

Tomara que ela não guarde ressentimentos!

 (Livro: Prática Pedagógica na Evangelização - Walter Oliveira Alves)

Voltar

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode