Biografia - Jean Piaget   

           Jean Piaget nasceu aos 09 de agosto de 1896, em Neuchatel na Suíça. Em 1907, Com 10 anos publica na revista da Sociedade dos Amigos da Natureza de Neuchâtel um artigo com estudos sobre um pardal branco (albino), que é considerado o início de sua carreira como cientista.

        Durante a adolescência, trabalhou como voluntário na seção de moluscos do museu de História Natural, escrevendo artigos sobre o tema. Piaget freqüentou a Universidade de Neuchâtel, onde estudou Biologia e Filosofia. Formou-se em Ciências Naturais com 21 anos.

        Em Zurique, passou a interessar-se e a estudar psicologia e psiquiatria. Depois de formar-se foi para Zurich, onde trabalhou como psicólogo experimental além de trabalhar em psiquiatria.

        Em 1919 foi para Paris, onde desenvolveu trabalhos no Laboratório de Alfred Binet, investigando o desenvolvimento intelectual da criança a partir de testes elaborados pelo investigador francês. É este traballho que o irá motivar a desenvolver as suas pesquisas na área da psicologia do desenvolvimento.

        Em 1921, retorna para a Suíça e assume as funções de diretor de estudos no  Instituto Jean-Jacques Rousseau   da Universidade de Genebra, onde iniciou sua carreira, ao registrar suas observações de crianças brincando, que deram o fundamento para a construção de sua teoria. Piaget casou-se em 1923 com Valentine Châtenay e tiveram três filhas: Jacqueline (1925), Lucienne (1927) e Laurent (1931). Uma parte da teoria piagetiana teve por base as observações de Piaget e da esposa a respeito do desenvolvimento cognitivo de seus filhos durante a primeira infância.

        Aos 27 anos, escreveu o seu primeiro livro de psicologia:  A Linguagem e o Pensamento na Criança . Em 1925, ocupou o cargo de professor de Filosofia na sua cidade natal. Na década de 50, fundou, congregando investigadores de vários ramos do saber, o “Centro Internacional de Epistemologia Genética” da Faculdade de Ciências da Universidade de Genebra, de onde saíram importantes obras de psicologia cognitiva. Lecionou a disciplina de Psicologia da Criança, a partir de 1952, na Sorbone, Paris.

        Sua carreira é intensa como professor e pesquisador. Publicou cerca de 150 livros.

        Faleceu em Genebra, aos 84 anos, em 16 de setembro de 1980.

        Jean Piaget é considerado um dos maiores teóricos da aprendizagem e ainda hoje exerce forte influencia sobre a educação. Foi o primeiro teórico cognitivista a desenvolver teorias apoiadas em resultados experimentais. Piaget descobriu e comprovou cientificamente que as estratégias usadas na aprendizagem e a capacidade de aprender novos conceitos variam de acordo com a idade e aprofundou seus estudos. A originalidade de suas pesquisas, empregando o método clinico, consistiu em criar situações concretas para as crianças e, suas respostas foram analisadas, de acordo com estádios ou níveis ordenados de compreensão. Piaget compreendeu e apresentou as formas de organização do pensamento.

        Obs.: Devemos lembrar que Piaget não propõe um método de ensino , mas elabora uma teoria do conhecimento e desenvolve muitas investigações cujos resultados são utilizados por psicólogos e pedagogos. Desse modo,  suas pesquisas recebem diversas interpretações que se concretizam em propostas didáticas também diversas.

(Fonte: Curso Online de Pedagogia Espírita. Revista Pedagógica Espírita -  www.rpespirita.com.br / IDE - Editora - www.ideeditora.com.br / Grupo Pedagogia Aplicada à Evangelização -  www.pedagogiaespirita.org / Coordenação: Walter Oliveira Alves)