Respeito ao Espiritismo

           O Espiritismo respeita todas as religiões e suas  práticas, mas possui seus fundamentos, que deveriam também ser respeitados. AS OBRAS DE KARDEC NÃO ESTÃO ULTRAPASSADAS , pois as leis divinas (a verdade) reveladas pelos Espíritos Superiores e presididas pelo "Espírito de Verdade", não se modificam. Jesus e Kardec são a base da Doutrina Espírita. 

          Segundo o Espírito Emmanuel, "Na Doutrina Espírita, não se dirá que Allan Kardec foi ultrapassado, de vez que os nossos princípios avançam com o fluxo evolutivo da própria vida e, à maneira da árvore que para mostrar a excelência do fruto não dispensa a raiz, tanto quanto o edifício vulgar para crescer em nova pavimentação não prescinde do alicerce, o Espiritismo não fugirá das diretrizes primeiras, a fim de ampliar-se em construções mais elevadas, com a segurança precisa." (Doutrina e vida. Em honra a Kardec. Espírito Emmanuel.  Psicografado por Chico Xavier)                  

            Allan Kardec fez a seguinte afirmação: "Caminhando de par com o progresso, o Espiritismo jamais será ultrapassado, porque, se novas descobertas lhe demonstrassem estar em erro acerca de um ponto qualquer, ele se modificaria nesse ponto. Se uma verdade nova se revelar, ele a aceitará. "(A Gênese. Cap. 1. Allan Kardec)          

             A DOUTRINA ESPÍRITA NÃO ESTÁ PRONTA E ACABADA, pode haver novas revelações, entretanto, não há erros nas obras de Kardec como alguns Espíritos pseudo-sábios têm afirmado com o intuito de causar conflitos entre os Espíritas. Segundo J. Herculano Pires "OS PRINCÍPIOS DA CODIFICAÇÃO NÃO PODEM SER ALTERADOS PELA OBRA DE UM ESPÍRITO ISOLADO. A Codificação não é obra de vidência, mas de pesquisa científica realizada por Kardec sob orientação e vigilância dos Espíritos Superiores." (Mediunidade. Cap. 3. J. Herculano Pires)             

              De acordo com Allan Kardec, "TODA TEORIA EM MANIFESTA CONTRADIÇÃO COM O BOM SENSO, COM UMA LÓGICA RIGOROSA E COM OS DADOS  POSITIVOS JÁ ADQUIRIDOS, DEVE SER REJEITADA, por mais respeitável que seja o nome que traga como assinatura. (...)Uma só garantia séria existe para o ensino  dos  Espíritos: a concordância que haja entre as revelações que eles façam espontaneamente, servindo-se de grande número de médiuns estranhos uns aos outros e em vários lugares. (...) Foi essa unanimidade que pôs por terra todos  os sistemas parciais que surgiram na origem do Espiritismo, quando cada um explicava à sua maneira os fenômenos, e antes que se conhecessem as leis que regem as relações entre o mundo visível e o mundo invisível. (...) Essa a base em que nos apoiamos, quando formulamos um princípio da doutrina.  (...) Não será à opinião de um homem que se aliarão os outros, mas à voz unânime  dos   Espíritos; não será um homem, nem nós, nem qualquer outro que fundará a ortodoxia espírita; tampouco será um Espírito que se venha impor a quem quer que seja: será a universalidade dos Espíritos que se comunicam em toda a Terra, por ordem de Deus. Esse o caráter essencial da Doutrina espírita; essa a sua força, a sua autoridade. Quis Deus que a sua lei assentasse em base inamovível e por isso não lhe deu por fundamento a cabeça frágil de um só." (O Evangelho Segundo o Espiritismo.  Introdução. 2. Autoridade da Doutrina Espírita. Allan Kardec)         

            "O Espiritismo é a terceira  revelação da lei de Deus, mas não tem a personificá-la nenhuma individualidade, porque é fruto do ensino dado, não por um homem, sim pelos Espíritos, que são as vozes do Céu, em todos os pontos da Terra, com o concurso de uma multidão inumerável de intermediários."  (O Evangelho Segundo o Espiritismo.  Cap. 1. Item 6. Allan Kardec)           

              Sendo assim, Allan Kardec faz a seguinte recomendação no Livro dos Médiuns, diante de uma nova revelação: "Para se discernir do erro a verdade, preciso se faz que as respostas sejam aprofundadas e meditadas longa e seriamente. É um estudo completo a fazer-se. Para isso, é necessário tempo, como para estudar todas as coisas.  ESTUDAI,  COMPARAI,  APROFUNDAI. Incessantemente vos dizemos que o conhecimento da verdade só a esse preço se obtém." (O  Livro dos Médiuns.  Cap.27.  Item  301.  Allan Kardec)            

             "O  MAL É  QUE MUITOS MÉDIUNS CONFUNDEM A  EXPERIÊNCIA,  FRUTO  DO  ESTUDO,  COM A  APTIDÃO, produto da organização física.  JULGAM-SE MESTRES, PORQUE  ESCREVEM  COM  FACILIDADE; repelem todos os conselhos e se tornam presas de Espíritos mentirosos e hipócritas, que os captam, lisonjeando-lhes o orgulho." (O  Livro  dos  Médiuns. Cap. 16.  Item  192.  Allan  Kardec)                

             Chico Xavier e Yvonne A. Pereira são exemplos de médiuns sérios e continuadores do Espiritismo. No entanto, o próprio Chico Xavier, que não se considerava infalível, nos disse:  (...) "Que se um dia, Emmanuel aconselhasse algo que não estivesse de acordo com as palavras de Jesus e Kardec, que deveria PERMANECER COM JESUS E KARDEC, procurando esquecê-lo."   (Livro: No mundo de Chico Xavier. Elias Barbosa)


COM JESUS E KARDEC

O espírita antigamente,

Nas visões em que me interno,

Fosse na rua ou no lar

Era muito mais fraterno.

Os templos eram humildes

Construções de alvenaria.

Sob a luz da mesma fé,

Tudo vibrava harmonia.

Cultivava-se o respeito

Pela Codificação.

Hoje dizem que Kardec

Necessita revisão.

Nos artigos dos jornais,

Sempre se tinha o que ler.

Agora é o ataque mútuo,

Provocando-se a valer...

Até mesmo para o passe

Inventaram novas formas.

Dizem que a Doutrina é livre

E vão prescrevendo as normas...

Aos caminhos de quem serve,

Chega a crítica mais cedo

E, por isso, de ser médium

Muita gente anda com medo.

Eu sei que lendo os meus versos

Ainda alguém vai falar:

- "Foi algum obsessor

Que tomou o seu lugar..."

De fato, os tempos são outros.

O progresso é natural.

Mas não percamos de vista

A pureza original.

Recordando, meus amigos,

O que houve ao Cristianismo,

Procuremos trabalhar

Deixando tanto modismo.

Aqui paro e vou cantando

Na estrada que me conduz:

Sou um "espírita de ontem",

Com Kardec e com Jesus.

(Confia e Serve. Espírito Eurícledes Formiga.  Chico Xavier / Carlos A. Baccelli)

Passatempo Espírita © 2013 - 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode