Senda evolutiva

 Nada evolui sem trabalho.

 O aperfeiçoamento íntimo se fundamenta no cumprimento das obrigações de cada dia.

 Sem esforço e sacrifício, ninguém galga os degraus da escada que conduz a Deus.

 Amar o próximo,

 amparar os frágeis,

 esclarecer e despertar consciências,

 repartir o pão com os famintos,

 perdoar sempre,

 estender as mãos aos sofredores,

 perseverar no bem,

 buscar a Verdade que existe em todas as coisas,

 lutar contra as próprias deficiências,

 constituem abençoados estágios da estrada estreita, aquela mesma que o Cristo nos ensina a trilhar.

 

 Como adentrar os domínios da luz permanecendo nas sombras?

 De que forma abrir os braços ao mundo, sendo egoísta?

 A Mensagem do Evangelho é libertadora.

 A dor que nos visita pode ser a mensageira da paz.

 Quem desertar do aprendizado, marcará estaca zero na senda evolutiva.

 O que nos compete realizar, ninguém poderá fazê-lo por nós.

 Cada qual deve vivenciar as suas experiências pessoais, adquirindo discernimento e maturando-se interiormente, até que possa afirmar como o inolvidável Apóstolo: “Não sou eu mais quem vive; é o Cristo que vive em mim.” (Galátas 2:20)

 

(Crer e agir .Irmão José. Chico Xavier/ Carlos A. Baccelli)