Dinâmica - Reencarnação

Objetivo:  Compreender como ocorre o processo da reencarnação e seus objetivos.

Participantes: Máximo 22 alunos.

Tempo Estimado: 40min.

Material: Lousa e giz.

Descrição:  O evangelizador  deverá explicar aos alunos que fará algumas perguntas sobre a reencarnação de um espírito e que eles irão ajudar na escolha de sua família. Para cada aluno deverá ser feita uma pergunta. Os alunos que responderam as perguntas que possuem a mesma letra (Ex. Letra A) pertenceram a um mesmo grupo, do qual deverão ,através de ajuda mútua, desenhar o personagem da família. O evangelizador fará comentários após algumas perguntas.  

 

1-A. Em que momento ocorre a reencarnação?

R. A união da alma e do corpo inicia-se na concepção .

 

2-A. O espírito pode escolher as suas provas antes de encarnar?

R. Sim

Comentário do evangelizador:  Ele próprio escolhe o gênero de provas por que há de passar (ou seja, as principais experiências, tais como: tipo de morte, doenças, casamento, profissão) e nisso consiste o seu livre-arbítrio . Ele escolhe, de acordo com a natureza de suas faltas, as que o levem à expiação destas e a progredir mais depressa (LE. Questão 258 e 264).   

 

3-A. Existem espíritos que ajudam o reencarnante?

R. Sim.

Comentário do evangelizador:  Existem espíritos chamados de construtores que auxiliam no processo de reencarnação e na formação do novo corpo. A maioria dos que retomam a existência corporal na esfera do globo é magnetizada pelos benfeitores espirituais, que lhe organizam novas tarefas redentoras, e quantos recebem semelhantes auxilio são conduzidos ao templo maternal de carne como crianças adormecidas. (Os Missionários da Luz . Cap.13.  André Luiz) .    

  

Obs.: O grupo A, que responderam as perguntas 1, 2 e 3, deverão desenhar espíritos construtores, escrevendo ao lado do desenho : Espírito construtor. 

 

4-B. Qual será o nome do espírito que irá reencarnar?

R. (Ex. Juca)

 

5-B. Qual o objetivo da sua encarnação?

R. Alcançar a perfeição.

 

Comentário do evangelizador: Deus lhe impõe a encarnação com objetivo de fazê-lo chegar  à perfeição. Para uns, é expiação; para outros, missão. Mas, para alcançarem essa perfeição, têm que sofrer todas as vicissitudes da existência corporal: nisso é que está a expiação. (LE - Questão 132).

 

Obs.: O grupo B, que responderam as perguntas 4 e 5, deverão desenhar juntos o reencarnante , escrevendo ao lado  o seu nome. 

 

6-C. Para que ele reencarne, o que é preciso?

R.Pais.

 

7-C. Qual será o nome dos seus pais?

R. (Ex. Alexandre e Marina)

 

8-C. Qual será a tarefa desses pais perante ao filho?

R. Educá-lo

Comentário do evangelizador : Os pais têm por missão desenvolver o progresso de seus filhos pela educação. Constitui-lhes isso uma tarefa. Serão culpados, se vierem a falir no seu desempenho. Deve compreender antes de tudo, que seu filho, primeiramente, é filho de Deus. Desde a infância, deve prepará-los para o trabalho e para a luta que os esperam  (LE. Questão 208. O consolador. Questão 189).

 

Obs.: O grupo C, que responderam as perguntas 6, 7 e 8, deverão juntos desenhar  os pais , escrevendo ao lado o nome deles (Ex: Pai: Alexandre / Mãe: Marina). 

 

9-D. O reencarnante vai ter irmãos?

R. Sim ou não (Se a resposta for não, não continue a próximas perguntas: 10-D, 11-D e 12-D).

 

10-D. Quantos?

 R. (Ex.Um)

 

11-D. Qual será o nome dele(s)?

R. (Ex. Ricardo).

 

12-D. Eles serão simpáticos ao reencarnante?

R.Sim

Comentário do Evangelizador: Os que encarnam numa família, sobretudo como parentes próximos, são, as mais das vezes, Espíritos simpáticos, ligados por anteriores relações, que se expressam por uma afeição recíproca na vida terrena. Mas, também pode acontecer sejam completamente estranhos uns aos outros esses Espíritos, afastados entre si por antipatias igualmente anteriores, que se traduzem na Terra por um mútuo antagonismo, que aí lhes serve de provação (O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 14).

 

Obs.: O grupo D, que responderam as perguntas 9, 10, 11 e 12 deverão juntos desenhar o(s) irmão(s), caso haja, escrevendo ao lado o nome dele(s) (Ex: Irmão: Ricardo). 

 

13-E. Qual será  a profissão do reencarnante?

R. (Ex. Médico).

 

14-E. Por que temos que trabalhar ?

R. Para ganhar dinheiro para o nosso sustento.

 

Comentário do evangelizador: O  trabalho é expiação e, ao mesmo tempo, meio de aperfeiçoamento da sua inteligência. Sem o trabalho, o homem permaneceria sempre na infância, quanto à inteligência. Por isso é que seu alimento, sua segurança e seu bem-estar dependem do seu trabalho e da sua atividade (LE. Questão 676).

 

Obs.: O grupo E, que responderam as perguntas 13 e 14 deverão juntos desenhar os instrumentos ou algo que represente o trabalho do reencarnante, , escrevendo ao lado o nome da profissão (Ex: Profissão: Médico). 

 

15-F. O reencarnante irá se casar?

R.Sim ou não. (Se a resposta for não, não continue as próximas perguntas: 16-F e 17-F ).

 

16-F.Qual o seu nome?

R. (Ex. Cristina).

 

17-F.Como deve ser a relação deles, após se casarem?

R. Com respeito e amor

Comentário do evangelizador: O matrimônio muito freqüentemente, na Terra, constitui uma prova difícil, mas redentora. Os cônjuges, dedicados por bem cumprir suas obrigações divinas, devem observar o máximo de atenção, respeito e carinho mútuo, concentrando-se ambos no lar  (O consolador. Questão 188).

 

Obs.: O grupo F, que responderam as perguntas 15, 16 e 17 deverão juntos desenhar a esposa, caso haja, escrevendo ao lado o nome dela (Ex: Esposa: Cristina). 

 

17-G. O reencarnante terá filhos com sua esposa?

R. Sim ou não. (Se a resposta for não, não continue as próximas perguntas: 18-G, 19-G e 20-G).

 

18-G. Quantos?

R. (Ex.Um)

 

19-G. Qual será seu nome?

R. (Ex.Rodrigo).

 

20-G. Ele(s) será(o) parecido fisicamente com seu pai?

R. Sim ou não.

Comentário do evangelizador: Os pais transmitem ao filho somente a aparência física. O espírito do pai é diferente do filho, portanto não lhes transmite as características morais. O corpo deriva do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito (LE. Questão 207).

 

Obs.: O grupo G, que responderam as perguntas 17, 18, 19 e 20 deverão juntos desenhar o(s) filho(s), caso haja, escrevendo ao lado o nome dele(s) (Ex: Filho: Rodrigo). 

 

21-H. O reencarnante terá ajuda de um espírito protetor?

R. Sim.

 

22-H. Qual sua função?

R. Proteger

Comentário do evangelizador: A missão do espírito protetor é de guiar o seu protegido pela senda do bem, auxiliá-lo com seus conselhos, consolá-lo nas suas aflições, levantar-lhe o ânimo nas provas da vida  (LE. Questão 491).

 

Obs.: O grupo H, que responderam as perguntas 21 e 22 deverão juntos desenhar o  espírito protetor, escrevendo ao lado do desenho: Espírito protetor.

 

 (baseada nos livros: Livro dos Espíritos, Allan Kardec. O consolador, Espírito Emmanuel. Missionários da Luz, Espírito André Luiz. Reencarnação, de Orson Peter Carrara)