Quem tem Jesus no coração...

            Sabrina era uma jovem que frequentou durante anos as aulas de evangelização espírita infantil no Grupo Espírita que sua família participava. Ela nunca faltava. Era uma aluna atenta e questionadora.

             Sabrina quase não faltava as aulas, e, apesar da pouca idade, procurava colocar em prática os ensinamentos de Jesus. Após um tempo, porém, ela teve que se afastar deste compromisso, pois sua família mudou de cidade, indo morar em uma cidade bem pequena, que tinha apenas um Centro Espírita onde não havia - ainda - aulas de evangelização infanto-juvenil. Nos anos seguintes, Sabrina passou por situações muito difíceis: doença da irmã, abandono, perda de pessoas queridas... Ela fazia da prece sua companheira, mas sentia falta dos encontros, onde aprendia tantas coisas importantes, tinha amigos e o carinho das evangelizadoras.

            Quando  Sabrina retornou, já adulta, ao grupo de estudos da Doutrina Espírita, ela relatou que havia algo que a sustentava em todos os momentos: a lembrança de um ensinamento recebido de uma evangelizadora da infância. E contou:        

             - A evangelizadora dizia: “Quem tem Jesus no coração nunca está sozinho!” Com esse pensamento, eu me sentia sempre auxiliada e amparada pelo Mestre, e fui vencendo com coragem e resignação os momentos de dor. Jesus, nosso modelo e guia, governador do nosso planeta, sempre está conosco. O Cristo jamais nos deixa sozinhos... Com essa certeza devemos avançar fortes, corajosos e confiantes.

             Além disso, aprendi que Jesus nunca nos deixou órfãos , pois mesmo antes da Sua vinda e depois da Sua morte , Ele sempre enviou à Terra os Seus Mensageiros para revelar as leis divinas e trazer consolo ao povo.  A humanidade recebeu três grandes revelações: Primeira: Moisés trouxe a missão da justiça; Segunda: Jesus trouxe o Evangelho, revelação insuperável do amor; e  terceira: o Espiritismo trouxe a sublime tarefa da verdade. Jamais vou me esquecer de suas lições, que trazem bom ânimo, fé e esperança (*).

***         

            Que possamos ter a certeza de que, se um dia nos sentirmos sem recursos, sozinhos, nunca estamos realmente sós! Jesus é nosso amigo, nosso companheiro de jornada. Lembremos também da presença carinhosa dos bons Espíritos, convidando-nos à renovação e ao equilíbrio. Eles são amigos anônimos, invisíveis aos olhos carnais, porém sempre presentes. Com fé na sabedoria e justiça de Deus seremos mais fortes no enfrentamento das dificuldades, dos desafios que se apresentarem nos caminhos do progresso que traçamos. E que a Doutrina Espírita, que nos ilumina a alma, possa nos tornar iluminados, no testemunho de fidelidade, de amor e de fé que formos capazes de oferecer.

(Narrativa baseada em um fato real. O parágrafo com  asterisco (*) foi adicionado ao texto posteriormente e a adaptado a história original da autora Claudia Schmidt retirada do site Grupo Espírita Seara do Mestre)