Dinâmica - Privação voluntária

Objetivo: Mostrar que a prática da privação voluntária é uma benção aos olhos de Deus.

Participantes:  Indefinido

Tempo Estimado:  5 min.

Material: Saco de pirulitos e balas.

Descrição: O Evangelizador deverá distribuir um pirulito e uma bala para cada aluno. E deverá fazer o seguinte comentário: ''Gostaria que vocês praticassem a ação da privação voluntária,  utilizando este pirulito ou a bala, ou os dois elementos. Privação voluntária é deixar de ter algo que você gosta ou precisa, para beneficiar alguém.  Portanto, sugiro que dêem o doce que vocês mais gostam para um amigo ou alguém conhecido (Obs.: Não pode ser doado para os participantes do grupo de Evangelização).  Se vocês derem os dois doces será mais meritório ainda. Deus abençoa uma ação generosa.'' Na próxima semana deverá perguntar para os alunos como agiram diante da tarefa sugerida.

Comentário: ''Há um grande mérito, quando os sofrimentos e as privações têm por fim o bem do próximo, porque se trata da caridade pelo sacrifício'' (O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 5. Item 26. Allan Kardec)

 

(baseada no livro: O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 5. Item 26. Allan Kardec)