O aniversário

        Lilian era muito curiosa. Gostava de saber todas as coisas que ouvia alguém falar.

        Depois de tomar café, percebeu que não tinha com quem conversar, pois todos estavam ocupados fazendo os preparativos para a festinha. Enquanto Mamãe fazia dozinhos e balas. Mariana, a empregada, batia o bolo. Tia Hilda fazia enfeites para a mesa, e ao mesmo tempo ajudava Mamãe.

        Sem ter o que fazer, Lilian resolveu ver algumas figurinhas novas que havia comprado para o seu álbum, quando viu, sobre sua cama, um pacote fechado.

         - Nossa, disse ela, já ganhei um presente! Vou abrir.

         Ao abrir o pacote, viu que era um lindo livro, e, ao abri-lo, deparou com uma linda gravura, onde se via Jesus entre as crianças. Folheou algumas  páginas, interessando-se pelas gravuras. Havia muitas letras, mas não sabia ler. Não resistindo à curiosidade, foi até a cozinha, onde estava sua mãe, e perguntou-lhe:

         - Mamãe, o que está escrito neste livro?

          Sua mãe lhe respondeu:

         - Está escrito: " Deixai vir a mim as criancinhas'': São palavras de Jesus, minha filha. Certa vez, quando ele se encontrava no meio de muitas pessoas e seus discípulos, algumas crianças se aproximaram de Jesus, abraçando-o. Alguém, temendo que as crianças, aborrecessem a Jesus, quis retirá-las de junto d'Ele. Mas Jesus não permitiu que os pequeninos seres ficassem distantes. Voltando-se para todos, falou: ''Deixai vir a mim as criancinhas''.

           - Então, Jesus gosta de crianças?

          - Sim, respondeu a boa senhora, Ele é o grande amigo de todas. Jesus está sempre ao lado das criancinhas.

           Pensativa, Lilian recordou que Jesus ouvia suas preces. Quando rezou pedindo saúde para seu pai, quando esteve doente, Jesus o curou.

           - Será que Jesus estará comigo hoje, que é o dia do meu aniversário?

           - Estará, minha querida. Ele nunca se afasta das crianças. Protege-as quando estão tristes, e quando estão alegres, também.

 

(autor desconhecido)