O albúm de figurinhas

Francisco era um menino que vivia com os avós, em uma casinha pequena.

Ele não tinha pais nem irmãos: O pai e a mãe desencarnaram quando ele era pequenino.

Vovô e Vovó criavam o netinho com muito carinho e amor.

Francisco não tinha brinquedos, porque o vovô e a vovó ganhavam pouco dinheiro e era com muita dificuldade que conseguiam comprar os alimentos e as roupas. Vovô era gari e vovó lavava roupas.

Mas a casinha pequena era um lugar cheio de paz e de amor e Chiquinho - era esse seu apelido - vivia muito feliz.

Às vezes Chiquinho ouvia a vovó falar que queria um ferro de passar roupas melhor e mais novinho, bem igual ao da Dona Almira, sua vizinha. E via também o vovô com o rádio de pilha pequenino, sempre falando em comprar um rádio maior.

E Chiquinho sempre pensava: - Quando eu crescer vou trabalhar e ajudar vovô e vovó.

No grupo onde Chiquinho estudava , todos os meninos estavam fazendo coleção de figuras de animais. Era um álbum lindo, com figurinhas coloridas. Os meninos falavam nas figurinhas difíceis e diziam que o leão , número 123, era o mais difícil.

Ah! Como Chiquinho queria comprar um álbum!!! Já tinha várias figurinhas que os amigos davam a ele , quando saía figura repetida.

Mas... o álbum custava R$ 10,00 e era muito caro para Chiquinho pedir à vovó ou ao vovô , Ele sabia que não devia pedir que lhe comprassem um álbum...

Por isso, à tardinha, em casa, depois de feita os deveres da escola, Chiquinho juntava as figurinhas, espalhava-as pela cama e brincava sonhando com o álbum.

Um sábado, Dona Almira pediu a Chiquinho se ele poderia ir com ela à feira, para lhe ajudar a carregar os embrulhos. E Chiquinho na hora aceitou.

Ao chegar em casa, Dona Almira deu-lhe uma nota de R$ 10,00 e disse-lhe:

- Muito obrigada  pela sua ajuda, Chiquinho. Tome esse dinheiro para você comprar balas.

Chiquinho nem acreditava: o preço certinho do álbum....!!! Ia correndo , já, agora mesmo, comprá-lo na banca do Seu Juca...

E ele saiu em disparada...parecia um pé de vento...

Quando chegou na banca de revistas, pegou o álbum  e... e...

Que será que aconteceu?!  Vamos ver?

Chiquinho se lembrou da Vovó... do ferro de passar novo que ela queria... depois lhe veio o pensamento do rádio grande que o vovô falava que queria comprar... Será que o dinheiro daria pra vovó comprar o ferro? ou pro vovô comprar o rádio? Pensava Chiquinho com o álbum na mão...

O que vcs acham que Chiquinho fez? Será que ele comprou o álbum?!  Bem... vamos ver o que aconteceu?

Chiquinho , depois de se lembrar do vovô e da vovó, devolveu o álbum e voltou para casa , ia caminhando devagarzinho... e pensando... pensando...

"A Vó acordava todo dia cedinho, cedinho, para lavar roupas e, sempre comprava leite para ele tomar de manhã... Fazia tudo que ele queria e gostava, a vovó era tão legal... E o vovô?! Estava sempre sorrindo, era brincalhão, vivia brincando com ele... até fazer a manivela do seu papagaio fazia... Aaah!! Ele tinha uma família tão legal, tão linda.. Ele tinha, na verdade, um lar super feliz .. então ele só podia ajudar também... E era isso que iria fazer.

Nesses pensamentos todos ele nem tinha visto que havia chegado em casa... Entrou e foi chamando:

- Vó.... Vô... ?!!! Oh, Vó! Vô, onde você está? Ahh!! Olhem só o que eu trouxe pra Senhora, Vó! Dez reais ! Eu hoje ajudei Dona Almira, carregando as compras que ela fez na feira e ela me deu esse dinheiro para eu comprar balas, mas acho que melhor do que balas será a Senhora comprar aquele ferro novo que queria tanto, né Vovó?

- Francisco, você já está ganhando dinheiro! Está virando um homenzinho trabalhador! Como fico feliz! Esse dinheiro  é pra mim?!

- Para nossa casa, Vovó.

Vovó apenas sorriu, de um jeito diferente, abraçando o netinho.

Francisco foi dormir, então, todo feliz. E teve um lindo sonho, onde sua mãe, desencarnada, veio lhe visitar e lhe disse sorrindo:

- Estou muito feliz , meu filho, porque você tem um lar. O Vovô e a Vovó gostam muito de você e você também gosta muito deles.

No domingo, quando acordou e foi tomar seu leite , a cozinha estava vazia e ele chamou a vovó.

Mas... a Vovó ainda estava dormindo. 

Na mesa, junto ao copo de leite quentinho, tinha algo...

O que será que era? O que será que tinha bem no lugar onde Chiquinho iria tomar seu leite?!

Sabem o que era?  

Pois é, era o álbum de figurinhas que Chiquinho tanto sonhava em ter...  e bem em cima do álbum  tinha um bilhetinho da Vovó e do Vovô, que dizia o seguinte:

- Para o Chiquinho, com um beijo e um abraço todinho gosto de amor, do Vovô e da Vovô que muito amam você.

(Fonte: http://www.cvdee.org.br/evangelize/pdf/3_0264.pdf)