Noções de pedagogia e psicologia educacional

             PEDAGOGIA - É a ciência que tem como objetivo a sistematização e a racionalização dos métodos de educação da criança. Fundamenta-se nas leis que regem o desenvolvimento psicofisiológico do educando, e os fatores de ordem social, e emocional que condicionam esse desenvolvimento. As doutrinas pedagógicas refletem a realidade social, econômica e política da época em que surgem.
             Devem-se a Platão e Aristóteles, filósofos gregos, os primeiros trabalhos sobre o problema educacional. Porém, somente na época do Renascimento é que surgiu a idéia de
que o ensino devia acompanhar o desenvolvimento natural da criança, e adaptar-se aos seus interesses.
             Jean Jacques Rousseau expôs suas teorias educativas, cujo único mérito foi valorizar a criança, condenando as tentativas de forçá-la a comportar-se como adulto.
             No entanto, foi Pestalozzi, também mestre de Kardec, quem pôs em prática o método de Rousseau, nas escolas que fundou na Suíça, atribuindo grande valor ao aprendizado através da experiência e da observação, desprezando o ensino livresco. Batia-se pelo desenvolvimento integral e harmonioso do educando. Foi atribuída grande importância às atividades infantis: brinquedos, canções, estórias e jogos na formação de sua personalidade.
             Surgiu então, através de Herbat, adepto de Pestalozzi, a teoria psicológica segundo a qual, a atividade mental é estimulada por "idéias ou representações", e que uma vez assimiladas, dão lugar ou fazem surgir novas idéias, sendo as as idéias decorrentes de "existência de interesse" por parte da criança. Cabe assim, ao professor, despertar esse
novo interesse.
             PSICOLOGIA - É  a ciência do comportamento. É o estudo da personalidade humana através da análise e compreensão do comportamento dos seres vivos. É uma ciência relativamente nova, pois surgiu no século XIX. O termo psicologia, etimologicamente, origina-se da junção de duas palavras gregas: psyché alma; logos - ciência, conhecimento. Ciência da alma.
            Interessa-nos nesta tarefa, apenas a psicologia educacional, pois trata dos processos psicológicos relativos à Educação.
            PSICOLOGIA EDUCACIONAL - é apenas um, dentre os muitos ramos da Psicologia. A psicologia educacional lida com aplicações de princípios, técnicas e outros recursos psicológicos à educação, auxiliando nos problemas enfrentados pelo professor, quando este procura dirigir o desenvolvimento da criança para objetivos valiosos.
            A psicologia educacional se interessa pela compreensão de:
            1 - A criança - seu desenvolvimento psicofísico, suas necessidades e suas peculiaridades individuais.
            2 - A situação da aprendizagem - dinamismo de classe, na medida que este influencia a aprendizagem. 

            3 - Os processos e métodos -  para que a aprendizagem seja eficiente.
            A psicologia educacional e as ciências afins se entrelaçam, diante da tarefa de dar aos educadores, tudo o que poderá auxiliá-los na compreensão e no tratamento das crianças, dentro e fora da sala de aula.
            Enfim, o objetivo da psicologia educacional, é dar ao futuro educador, maior conhecimento dos princípios englobados à tarefa de orientar a criança para sua maior auto-realização.

( Programa para a infância. Federação Espírita do Estado de São Paulo. Área da Infância, juventude e mocidade, 1998)