Dinâmica - Julgamento

Objetivo: Perceber que todos nós temos más tendências a vencer, defeitos a corrigir, hábitos a modificar.  

Participantes: Indefinido

Tempo Estimado: 15 min

Material: Papel e lápis.

Descrição:  Cada aluno receberá  os nomes e características de vários bichos (lista abaixo), e deverá escolher 1 bicho que ele mais se assemelha. Em outro papel, escreverá o nome do bicho que escolheu e irá propor uma reforma  intima para ''ele'', sem colocar o seu nome e sem que o colega ao lado veja. Depois deverá dobrar a proposta e colocá-la numa caixa, juntamente com a dos outros. O Evangelizador irá misturar todos os bilhetes e depois deve ler para todos.     

Bichos:

COBRA: É traiçoeira, perigosa, esperta e oportunista. É fofoqueira e quer ver o circo pegar fogo.

GATO: É companheiro prestativo e carinhoso  quando lhe interessa.

PAPAGAIO: Fala, fala, não fala nada que contribua. É inteligente, aprende o que os outros fazem, tanto o bem como o mal.

CAVALO: Dá patada em todos. Às vezes é bom de serviço. Mas é muito bruto.

PAVÃO: Fica sempre de leque aberto. Possui uma vasta cultura. Acha que é o mais bonito, mais inteligente, aquele que sabe mais.

BOI: Faz tudo o que os outros lhe pedem, sem analisar. Entristecido, não sabe a força que tem em si.

POMBO: Vive de conversinhas com o companheiro(as) do lado. Só vive de par e falando da vida dos outros.

URUBU: Só vê carniça. É pessimista, descrente. Só gosta de coisa ruim. .

FORMIGA: Operária, trabalhadeira, ativista. Faz, faz sem pensar e acaba destruindo muita coisa boa. Trabalha, trabalha sempre em grupo, mas não avalia, nem planeja.

GALINHA-D’ANGOLA: Fala a mesma coisa o dia inteiro: “tô fraco”... Não acredita em si mesma, mas tem que falar.

PATO: Caminha lentamente, sempre pateta. Quer sombra e água fresca; promete e não cumpre. Não se envolve com nada e nunca quer saber de nada.

CIGARRA: Só gosta de cantar, é omissa. O mundo pode acabar e ela não se preocupa.

MACACO: Espirituoso, bagunceiro, inteligente e superficial. Sempre faz rir, ninguém o leva a sério. Anima, mas termina irritado. No fim está amuado e sem graça.

LEÃO: Sempre o mais poderoso, o rei de todos, domina a todos os animais, e agarra as pessoas pelas presas. Faz tudo sozinho, quando urra todos os participantes se calam.

RATINHO: Estraga tudo, destrói. Fica sempre escondido pelos cantinhos. Tem muito medo do leão e dos outros animais. Não se envolve com os outros, passa pelo grupo sempre em disparada.

HIENA: Não tem opinião própria. Adora o Leão e é puxa-saco. Gosta sempre de quem está no poder. Ri dos outros.

CORUJA: Não fala, mas presta muita atenção. Nunca dá sua opinião. Fica sempre de cara feia. Não liga para ninguém, não contribui com nada.

LAGARTIXA: Abana a cabeça mas não fala, concorda com tudo e sempre diz: “É isto mesmo”.

Comentário: Jesus disse: ''Não julgueis, a fim de que não sejais julgados''. Nos ensina que não devemos julgar os outros mais severamente do que julgaríamos a nós mesmos. Antes de censurar uma falta de alguém, vejamos se a mesma reprovação não pode recair sobre nós.( O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 10. Item 11 a 13).  

(baseada em autor desconhecido e na Coletânea de material para educação espírita juvenil - Núcleo Espírita de Educação e Apoio à Juventude e no Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 10. Allan Kardec)