Dinâmica - Evolução

Objetivo: Mostrar que a evolução se faz gradualmente, através de sucessivas existências, em diversos tipos de mundos.

Participantes: Indefinido.

Tempo Estimado: Indefinido.

Material: figuras dos diversos mundos, do bebê e do anjo (imprimir em A3)  , fita adesiva transparente, fita durex colorida, papel contact, perguntas, cartões sim e não (imprimir em A4).

 Descrição:  O Evangelizador deverá, previamente, recortar os mundos, o bebê , o anjo e colar papel contact sobre eles. Depois deverá colocar , no meio da sala de aula, as figuras sobre o chão, uma em seguida da outra : primeiramente o bebê (infância espiritual), depois os mundos (na seguinte ordem: mundos primitivos, mundos de expiações e provas, mundos de regeneração, mundos felizes, mundos celestes) e por final o anjo (perfeição espiritual), fixando-as com fita adesiva. De cada lado da figura deverá ser inserido sobre o chão uma extensa fita de durex colorido, de modo que todos os alunos possam pisar sobre ela. Então, para iniciar a dinâmica todos deverão estar pisando sobre a fita direcionada para o bebê e ficar um ao lado do outro.  O Evangelizador deverá fazer a primeira pergunta e pedir para que respondam sim ou não (com o cartão). Aqueles que acertarem, avançarão, mas se errarem, ficarão onde estão. Depois deverá seguir o mesmo procedimento, fazendo outras perguntas. Os alunos que chegarem primeiro até o anjo serão os vencedores.       

 

Obs.: Os mundos deverão ter uma distância entre si  cerca de 32cm (um passo aproximadamente). Pois depois desta dinâmica as crianças poderão fazer a seguinte brincadeira:  uma delas deverá colocar os dois pés dentro do mundo primitivo e passar para os demais  mundos sem pisar fora deles.   Caso o aluno perca o equilíbrio e pise fora dele, deverá dar oportunidade para um outro colega tentar e assim por diante, até conseguir chegar ao anjo.

 

Sugestão de perguntas:

1. Todos os Espíritos foram criados por Deus simples e ignorantes? (Resposta: sim)

2. A evolução é uma lei da natureza? (Resposta: sim)

3. É necessário reencarnar várias vezes para alcançar a perfeição? (Resposta: sim)

4. Para evoluir é preciso apenas desenvolver a moral? (Resposta: não)

5. Um Espírito pode voltar ao seu estado primitivo e perder todo seu conhecimento adquirido?  (Resposta: não)

6. Num futuro distante os animais se tornaram seres humanos? (Resposta: sim)

7. Aquele que se tornou um anjo  é um Espírito perfeito? (Resposta: sim)

8. O macaco é o parente mais próximo do homem? (Resposta: sim)

9. A evolução é feita gradualmente? (Resposta: sim)

10. Todos os seres da criação de Deus estão em evolução? (Resposta: sim)

11. A evolução material ocorre à medida que se progride espiritualmente? (Resposta: sim)

12. Em mundos superiores a forma humana é mais feia? (Resposta: não)

 

 

Comentário:  A vida do Espírito, em seu conjunto, apresenta as mesmas fases que observamos na vida corporal. Ele passa gradualmente do estado de embrião ao de infância, para chegar, percorrendo sucessivos períodos, ao de adulto, que é o da perfeição, com a diferença de que para o Espírito não há declínio, nem decrepitude, como na vida corporal; que a sua vida, que teve começo, não terá fim; que imenso tempo lhe é necessário, do nosso ponto vista, para passar da infância espírita ao completo desenvolvimento; e que o seu progresso se realiza, não num único mundo, mas vivendo ele em mundos diversos. A vida do Espírito, pois, se compõe de um série de existências corpóreas, cada uma das quais representa para ele uma ocasião de progredir, do mesmo modo que cada existência corporal se compõe de uma série de dias, em cada um dos quais o homem obtém um acréscimo de experiência e de instrução. Mas, assim como, na vida do homem, há dias que nenhum fruto produzem, na do Espírito há existências corporais de que nenhum resultado colhe, porque não as soube aproveitar.  ( O Livro dos Espíritos. Questão 191-a. Allan Kardec).

 

(baseada no Livro dos Espíritos. Questões: 115,118, 190, 191-a, 606, 607, 607-a, 611,  612, 613, 778. Allan Kardec ; na Gênese. Cap. 11. Itens 15, 16, 23, 26 e  28. Allan kardec; e no Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 3. Itens 3 e 19. Allan Kardec)