Dinâmica - Responsabilidade e trabalho

Objetivo: Mostrar que cada trabalho possui sua responsabilidade.

Participantes: Máximo 12 alunos.

Tempo Estimado: 25min.

Material: Cartolina, figuras das profissões, cartões com números, cola bastão, fita crepe. 

Descrição: O Evangelizador deverá,previamente, colar as figuras das profissões na cartolina e depois colar (com fita crepe) os cartões com os números em cima delas, de maneira que fiquem escondidas. Cada aluno deverá  escolher um número que corresponde a uma frase para advinhar a profissão. A frase deverá ser lida pelo Evangelizador. Caso o aluno responda corretamente , o número deverá ser  retirado para visualizar a figura da profissão que estava escondida.  E logo em seguida deverá fazer a seguinte pergunta: Qual seria a conseqüência se este profissional não fosse responsável? O Evangelizador poderá ajudar na resposta, caso for necessário.

Frases:

1.Sou responsável por retirar o lixo, para manter a cidade limpa.

2.Sou responsável por construir casas e apartamentos com ótimas condições de moradia.

3.Sou responsável por ensinar conhecimentos gerais aos alunos, para que desenvolvam sua inteligência.

4.Sou responsável por apagar os incêndios para salvar vidas.

5.Sou responsável por confeccionar roupas, com ótima qualidade, para vestir crianças carentes.

6.Sou responsável por fazer refeições saudáveis, com legumes e verduras, para manter as pessoas com saúde.

7.Sou responsável por fazer uma boa defesa das pessoas diante do juiz, para que haja sentença justa.

8.Sou responsável por defender as pessoas dos bandidos, para que possam ter paz.

9.Sou responsável por criar bons desenhos para livros infantis, para que possam compreender as histórias.

10.Sou responsável por cuidar dos dentes, para mantê-los saudáveis.

11.Sou responsável por cuidar dos animais, para tratar das suas doenças. 

12.Sou responsável por indicar tratamentos de saúde, para que as pessoas fiquem melhores ou possam ser curar.

Comentário : A humanidade sobrevive graças aos seus ho­mens responsáveis, que trabalham continuamente em prol do bom, do belo, do ideal.

Eles se destacam pela grandeza das suas reali­zações cimentadas no sacrifício pessoal. (Jesus e a atualidade. Cap. 12. Espírito Joanna de Ângelis. Psicografado por Divaldo Franco )