Dinâmica - Planeta Júpiter

Objetivo: Mostrar quais são as características do planeta Júpiter e dos seus habitantes.

Participantes: Indefinido.

Tempo Estimado: 35 min.

Material: Cartões: SIM e NÃO,  perguntas, lousa e giz.

Descrição: Antes de iniciar a aula o Evangelizador deverá separar a turma em dois grupos (ÍMPAR e PAR) e escolher um líder para cada um deles; Explique aos alunos que cada grupo terá que realizar oito perguntas, alternadamente, para o grupo ''adversário'' sobre o planeta Júpiter. O grupo ÍMPAR receberá as perguntas e respostas (1, 3, 5, 7, 9, 11, 13 e 15)  e o grupo PAR receberá as perguntas e respostas ( 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14 e 16) .    Os grupos deverão responder SIM ou NÃO para as perguntas.  O líder de cada grupo deverá entrar num acordo e verificar qual é a resposta que a maioria selecionou. O Evangelizador deverá anotar na lousa um ponto, caso o grupo tenha respondido corretamente. Após cada resposta, o Evangelizador deverá verificar se está correta e fazer um comentário.  O grupo que ganhar mais pontos será o vencedor.

Obs.: O Evangelizador deverá distribuir para cada um dos alunos dois cartões com as palavras SIM e NÃO.


Perguntas:

1. O Planeta Júpiter é um mundo feliz?

R. Sim.

Comentário: Júpiter é um mundo feliz. (Revista Espírita. Dezembro de 1858. A bela cordeira. Allan Kardec)

 

2.  Existem espíritos maus que habitam este planeta?

R. Não.

Comentário:  (...) É  um mundo habitado apenas por Espíritos da segunda ordem. (...) A esta ordem pertencem os Espíritos designados, nas crenças vulgares, pelos nomes de bons gênios, gênios protetores, Espíritos do bem. (...) Podem ser divididos em quatro grupos principais:  Espíritos de bondade (a bondade é neles a qualidade dominante), Espíritos de ciência (distinguem-se pela amplitude de seus conhecimentos), Espíritos de Sabedoria (as qualidades morais da ordem mais elevada são o que os caracteriza), Espíritos Superiores ( Esses em si reúnem a ciência, a sabedoria e a bondade).   (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec / O Livro dos Espíritos. Itens 107 a 111. Allan Kardec).

     

3. A superioridade de Júpiter está somente no estado moral de seus habitantes?

R. Não.

Comentário: A superioridade de Júpiter não está somente no estado moral de seus habitantes; está também na sua constituição física. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

4. O corpo físico dos seus habitantes é menor e mais leve do que o nosso?

R. Não.

Comentário: A conformação do corpo é mais ou menos a mesma daqui, porém é menos material, menos denso e de uma maior leveza específica. (...) E são maiores que os vossos maiores homens. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec/ Revista Espírita. Abril de 1858. Conversas Familiares de Além-Túmulo - Bernard Palissy . Allan Kardec)

 

5.  Os habitantes de Júpiter transportam-se de um a outro lugar, deslizando sobre a superfície, quase sem cansaço?

R. Sim.

Comentário: Enquanto rastejamos penosamente na Terra, o habitante de Júpiter transporta-se de um a outro lugar, deslizando sobre a superfície do solo, quase sem fadiga, como o pássaro no ar ou o peixe na água. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

6. Os habitantes de Júpiter podem comunicar-se apenas pelo pensamento?

R. Sim.

Comentário: Sob esse leve envoltório, os Espíritos se desprendem facilmente e entram em comunicação recíproca apenas pelo pensamento, sem, todavia, excluir a linguagem articulada. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

7. Eles sem alimentam de frutas, plantas e animais?

R. Não.

Comentário:  A alimentação está em relação com essa organização etérea; não seria suficientemente substancial para os nossos estômagos grosseiros, sendo a nossa por demais pesada para eles; compõe-se de frutos e plantas; de alguma sorte, aliás, a maior parte eles a haurem no meio ambiente, cujas emanações nutritivas aspiram. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

8. O tempo de duração da vida deles equivale cerca de seis de nossos séculos?

R. Não.

Comentário:  A duração da vida é, proporcionalmente, muito maior que na Terra; a média eqüivale a cerca de cinco dos nossos séculos. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

9.  Todos cumprem as leis de Deus neste planeta?

R. Sim.

Comentário:  É o reino exclusivo do bem e da justiça, porquanto só tem Espíritos bons. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

10.  A temperatura de Júpiter  é semelhante a nossa?

R. Não.

Comentário:  Ela é suave e temperada; sempre igual, enquanto a vossa varia. (Revista Espírita. Abril de 1858. Conversas Familiares de Além-Túmulo - Bernard Palissy . Allan Kardec)

 

11.  Há vulcões no planeta Júpiter?

R. Não.

Comentário:  (...) Não é atormentado como o vosso; lá, a Natureza não teve suas grandes crises; é a morada dos bem-aventurados; nele, a matéria mal existe. (Revista Espírita. Abril de 1858. Conversas Familiares de Além-Túmulo - Bernard Palissy . Allan Kardec)

 

12.  Os animais  realizam trabalhos manuais em Júpiter?

R. Sim.

Comentário: São encarregados da execução de obras manuais: são os serviçais e os operários; as ocupações dos homens são puramente intelectuais. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

13.  A  principal ocupação dos habitantes de Júpiter é encorajar os Espíritos que habitam os mundos inferiores a perseverarem no bom caminho?

R. Sim.

Comentário:  Sua principal ocupação é encorajar os Espíritos que habitam os mundos inferiores a perseverarem no bom caminho. Não havendo entre eles infortúnio a aliviar, vão procurá-los onde existe sofrimento; são os Espíritos bons que vos sustentam e vos atraem ao bom caminho. (Revista Espírita. Abril de 1858. Conversas Familiares de Além-Túmulo - Bernard Palissy . Allan Kardec)

 

14. Os animais de Júpiter são mais evoluídos do que os nossos?

R. Sim.

Comentário:  Os animais não estão excluídos desse estado progressivo, sem se aproximarem, contudo, daquele do homem; seu corpo, mais material, prende-se à terra, como os nossos. Sua inteligência é mais desenvolvida que a dos nossos animais; a estrutura de seus membros presta-se a todas as exigências do trabalho. (Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec)

 

15. Existem casas em Júpiter feitas de pedras?

R.Sim.

Comentário:  A casa de Mozart é construída com certa pedra que os animais extraem das pedreiras do norte e cuja cor o Espírito compara a esses tons esverdeados que muitas vezes toma o azul do céu no momento em que o sol se põe. (Revista Espírita. Agosto de 1858. Habitações do planeta júpiter. Allan Kardec)

 

16. A água existente em Júpiter é igual a nossa?

R. Não

Comentário:  É mais etérea.  (Revista Espírita. Abril de 1858. Conversas Familiares de Além-Túmulo - Bernard Palissy . Allan Kardec)

(baseada nos livros:  - Revista Espírita. Abril de 1858. Conversas Familiares de Além-Túmulo - Bernard Palissy . Allan Kardec.-  Revista Espírita. Agosto de 1858. Habitações do planeta júpiter. Allan Kardec. - Revista Espírita. Março de 1858. Júpiter e outros mundos. Allan Kardec. - Revista Espírita. Dezembro de 1858. A bela cordeira. Allan Kardec.)