Dinâmica - O que a professora pediu?

Objetivo: Mostrar que os preguiçosos ficam estacionados e retardam a sua evolução.
Participantes: Máximo 10 alunos.
Tempo estimado: Indefinido.
Material:  saco plástico, bilhetes com frases, lápis de cor, aportador, copos, água, detergente, esponja, lousa, giz, dicionário, Evangelho.
Descrição:  O Evangelizador deverá escrever em pedaços de papel as frases abaixo.   Depois deverá dobrar todos os bilhetes e colocá-los dentro de um saco plástico. Os alunos deverão sentar no chão ,em forma de círculo , e  pegar um bilhete com o pedido da professora e a resposta do aluno e ler em voz alta.  Aquele que pegar o bilhete, cuja resposta tenha boa-vontade, deverá realizar a tarefa que se pede e permanecer na brincadeira. Mas se pegar o bilhete, cuja resposta tenha preguiça, deverá sair da brincadeira. Aquele que permanecer por último na brincadeira, será o vencedor.  Obs.: A quantidade de frases de  boa vontade  deverá equivaler a quantidade de alunos com a adição de mais um (Ex.: 10 + 1=11) . E a quantidade de frases de  preguiça deverá equivaler a quantidade de alunos com a subtração de um (Ex.: 10 - 1=9).
Frases:
A professora pediu para pegar um copo de água.
O aluno respondeu: -Com muita boa vontade, vou pegar para você.
A professora pediu para fazer a tarefa da escola.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para dizer boa tarde para todos.
O aluno respondeu: - Vou  dizer, com muita boa vontade.
A professora pediu para limpar a mesa.
O aluno respondeu : - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para desenhar uma flor na lousa.
O aluno respondeu: - Com muita boa vontade, vou desenhar.
A professora pediu para varrer a sala de aula.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para fazer a oração do pai nosso.
O aluno respondeu: - Vou orar com muita boa vontade.
A professora pediu para cumprimentar todos os colegas.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para escrever na lousa " JESUS, MESTRE QUERIDO".
O aluno respondeu: - Vou escrever com muita boa vontade.
A professora pediu para cantar uma música espírita.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou cantar.
A professora pediu para abraçar o colega ao lado.
O aluno respondeu: - Com muita boa vontade, vou fazer.
A professora pediu para dizer a todos qual é a importância da Evangelização infantil.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça de dizer.
A professora pediu para apontar três lápis de cor.
O aluno respondeu : - Vou fazer com muita boa vontade.
A professora pediu para desenhar um coração na lousa.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para procurar no dicionário o significado da palavra preguiça.
O aluno respondeu: - Vou procurar, com muita boa vontade.
A professora pediu para fazer oração para seu inimigo.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para escrever na lousa " É PRECISO TER BOA-VONTADE".
O aluno respondeu: - Com muita boa vontade vou escrever.
A professora pediu para apagar a luz da sala.
O aluno respondeu: - Estou com preguiça, não vou fazer.
A professora pediu para ler um pequeno trecho do Evangelho.
O aluno respondeu: - Vou ler com muita boa vontade.
A professora pediu para lavar um copo.
O aluno respondeu: - Vou lavar com muita boa vontade.
Comentário: O Espírito São Luis adverte: ''Eu vos digo que a força não foi dada ao homem, nem a inteligência ao seu espírito para consumir os dias na ociosidade, mas para ser útil aos semelhantes. Ora, aquele cujas mãos estiverem desocupadas e o espírito ocioso será punido e deverá recomeçar sua tarefa.(Revista Espírita. Junho de 1858. A Preguiça. Dissertação moral ditada por São Luis a senhorita Hermance Dufax. Allan Kardec).
 ( Baseada na Revista Espírita. Junho de 1858. A Preguiça. Dissertação moral ditada por São Luis a senhorita Hermance Dufax. Allan Kardec)