Dinâmica - Maneiras de se fazer caridade

Objetivo: Mostrar  que a caridade deve ser feita ocultamente, sem ostentação  e sem esperar retribuição. 

Participantes: Máximo 9 alunos.

Tempo Estimado: Indeterminado.

Material: Frases, durex colorido, três cartazes  (utilize três cartolinas com cores diferentes), canetinhas coloridas .

Descrição:  O Evangelizador deverá,previamente, fazer três quadrados no chão com durex colorido (80cm x 80cm) e em cada um deles deverá  colar os seguintes cartazes : "Fazer o bem sem ostentação", "Dar sem esperar retribuição", "Fazer caridade ocultamente". Cada aluno receberá uma frase e deverá escolher o quadrado conforme o  ensino recebido e ficar sobre ele. Depois deverão ler as frases recebidas diante de todos, e identificar quem está com os dizeres de Jesus. 

Obs.: Os alunos poderão colar as frases nos cartazes e enfeitá - los com canetinhas coloridas.

Fazer o bem sem ostentação :

- Quando você der esmola, não anuncie isso com trombetas, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, a fim de serem honrados pelos outros. (Mateus 6:2)

- Quando você doar uma grande quantidade de dinheiro para uma entidade beneficente não faça diante do público para ser reconhecido.

- Não procure a emissora de TV, com segundas intenções,  para mostrar o bem que haja feito diante dos pobres.

Dar sem esperar retribuição : 

- Quando você der uma festa, convide os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos   e você será abençoado. Pois eles não poderão pagar o que você fez... (Lucas 14 :13-14)

- Faça uma festa para os velhinhos do asilo, sem esperar receber algo em troca.

- Doe brinquedos para o orfanato, sem esperar que seja recompensado pelos seus pais.

Fazer caridade ocultamente :

- Quando você der esmola, que a sua mão esquerda não saiba o que está fazendo a direita. (Mateus 6:3)

- Quando você der comida a um mendigo que bateu na sua porta, não diga para os outros o bem que realizou.

- Quando você orar por um doente e perceber que ele melhorou, não conte para ele o que você fez. 

Comentário : O homem caridoso faz o bem ocultamente; dissimula suas boas ações, enquanto que o vaidoso proclama o pouco que faz. “A mão esquerda deve ignorar o que dá a direita”, disse Jesus. “Aquele que faz o bem com ostentação já recebeu sua recompensa”.

Dar em segredo, ser indiferente aos elogios dos homens, é mostrar uma verdadeira elevação de caráter, é se colocar acima dos julgamentos de um mundo passageiro e procurar a justificação de seus atos na vida que não termina.

Nessas condições, a ingratidão, a injustiça não podem atingir o homem caridoso. Ele faz o bem porque é seu dever e sem esperar nenhuma vantagem, nenhuma recompensa; deixa à lei eterna o cuidado de fazer gotejar as consequências de seus atos, ou melhor, nem pensa nisso. (Depois da morte. Cap. 47. León Denis )

(Baseada no livro Depois da Morte. León Denis)