Dinâmica - Jogral para o Dia das Mães

Objetivo: Homenagear as mães e mostrar a grande importância delas na vida dos seus filhos.  

Participantes: Máximo 16 alunos.

Tempo Estimado: 40 min.

Material: Poemas (imprimir em papel canson A4), palitos de sorvete redondo (8 para cada aluno), cola branca, canetinha colorida, lápis de cor e fitilho dourado.

Descrição:   O Evangelizado deverá sortear um poema para cada aluno e depois eles deverão declamar o poema (na ordem que o Evangelizador preferir) em forma de jogral. Todos juntos deverão repetir Mãezinha  em cada intervalo dos poemas. E no final deverão declamar todos juntos o seguinte poema:   

 Quem menospreze a mulher

Guarde esta nota de luz:

— O Céu procurou Maria

Para ser Mãe de Jesus.

           (Espírito Jovino Guedes)

            Após o jogral ,cada aluno deverá fazer um desenho livre atrás do poema  . E depois deverá receber 8 palitos de sorvete para decorar com canetinha e fazer duas molduras em cada lado do papel. Num dos palitos deverá ser colado um fitilho dourado (em forma de círculo), para o quadro ser pendurado em qualquer local que a mãe desejar.

           Obs.: A beleza do jogral está em declamar com ênfase e convicção, com graça e entusiasmo. Com vários declamadores entrando e saindo de cena.  Pode-se declamar com fundo musical, caso tenha preferência.

         Poemas:

 

Mãezinha...

Coração de mãe encerra,

Em seu afeto profundo.

Tudo o que é santo na Terra,

Tudo o que é belo no mundo.

          ( Espírito Targélia Barreto)

 

Mãezinha...

Mulher ao fazer-se mãe

Conquista nobre troféu:

Um crédito permanente

Na Providência do Céu.

( Espírito Delfina Benigna da Cunha)

      

           Mãezinha...

 Para que a fé não pereça

E a vida não se degrade,

Mãe é a presença de Deus

Nas lutas da Humanidade.

        ( Espírito Violeta Odette)

 

          Mãezinha...

 Toda mãe ergue consigo

No coração doce e atento,

Um paraíso de amor

Em chamas de sofrimento.

      (Espírito.Rita Barém de Melo)

 

 Mãezinha...

 Busca imitar no caminho

A Rosa de Nazaré,

Irradiando o perfume

De amor, de humildade e fé.

         (Espírito Casimiro Cunha)

 

           Mãezinha...

 Lembra sempre em tua estrada,

Que a paz de tua missão

É feita dessa ternura

Que nasce do coração.

         (Espírito Casimiro Cunha)

 

 Mãezinha...

 Ser mãe é ser a energia

Que domina os escarcéus,

É ser nas mágoas da Terra

Um sacrifício dos céus.

         (Espírito Casimiro Cunha)

 

Mãezinha...

Ama o filho de outra mãe

Qual se fora teu também,

E estarás santificando

Teu lar nas luzes do Bem.

          (Espírito Casimiro Cunha)

 

 Mãezinha...

 Recorda que está contigo

A missão de renovar,

De corrigir perdoando,

De esclarecer e ensinar.

          (Espírito Casimiro Cunha)

 

 Mãezinha...

 Nos teus exemplos repousa

A esperança do Senhor,

Que há de salvar este mundo

Por meio de teu amor.

(Espírito Casimiro Cunha)

 

 Mãezinha...

Fé, anseio, amor profundo,

Paz, sofrimento e serviço…

Coração de mãe no mundo

É a soma de tudo isso.

         (Espírito Luiz de Oliveira)

 

 Mãezinha...

Mãe é um anjo tutelar,

Sempre a sorrir e a sofrer,

Ensinando-nos que amar.

E a senda para vencer.

         (Espírito Narcisa Amália)

 

 Mãezinha...

Em cada dia na vida,

Mãe é sempre para mim

Amor que nunca se acaba,

Perdão que nunca tem fim.

         (Espírito Auta de Souza)

 

 Mãezinha..

De tudo quanto conheço

Em sentenças lembro esta:

Mãe é um tesouro sem preço

Que Deus cria e nos empresta.

         (Espírito Silveira Carvalho)

 

 Mãezinha...

 Para qualquer criatura,

Bons e maus, crentes e ateus,

Em qualquer parte do Mundo,

Mãe é a presença de Deus.

          (Espírito Auta de Souza)

 

           Mãezinha...

 Mulher quando se faz mãe,

Seja ela de onde for,

Por fora, é sempre mulher,

Por dentro, é um anjo de amor.

        ( Espírito Delfina Benigna da Cunha)

 

Comentário:

Amanhã é o Dia das Mães,

Flores e reverências para elas,

Entretanto, é preciso saber pelo trabalho,

Quais os dias, enfim, que não são delas.

 

 “Dia das Mães” em paz, Amor e Luz,

Louvemos a nossa Grande Mãe,

Santa Maria, Mãe de Jesus.

(Espírito Maria Dolores)

 

 

 (baseado em autor desconhecido e nos poemas retirados dos livros: 1- Cartas do Evangelho e outros poemas — Casimiro Cunha . 2- Chico Xavier e Trovas do Mais Além — Autores diversos . 3- Chico Xavier, 100 anos de amor — Autores diversos . 4- Rumos da vida — Autores diversos/ Chico Xavier. 5- Os dois maiores amores — Autores diversos/ Chico Xavier.  6- Preito de amor — Autores diversos/Chico Xavier. 7 - Sementes de luz — Autores diversos — F. C. Xavier / Carlos A. Baccelli. 8 - Vida em vida — Autores diversos/ Chico Xavier. 9 - Os dois maiores amores — Autores diversos/ Chico Xavier. 10 - Trovas do Outro Mundo — Autores diversos/ Chico Xavier)