Dinâmica - Distinção dos bons e dos maus Espíritos

Objetivo: Saber diferenciar as qualidades dos bons Espíritos daqueles que são maus.

Participantes: Máximo 10 alunos (2 grupos com 5 alunos).

Tempo Estimado: 15min.

Material: Frases (escrever em bilhetes).

 Descrição: O Evangelizador deverá separar a turma em dois grupos com 5 alunos. No grupo 1 haverá quatro frases que se referem a características de Espíritos bons e uma frase que se refere a característica de um mau Espírito; no grupo 2 haverá quatro frases que se referem a um Espírito mau e uma frase que se refere a um bom Espírito.  Cada aluno receberá uma frase diferente e deverá tentar descobrir no seu próprio grupo quem é colega que esta com a frase  que se difere dos outros pela sua qualidade.  Para que os alunos possam ler todas as frases, cada grupo deverá sentar-se no chão e formar uma roda. Depois devem trocar as frases entre si, no sentido horário.

 

GRUPO 1

1. A LINGUAGEM É SEMPRE  DIGNA, ELEVADA, NOBRE, SEM QUALQUER MISTURA DE COISA VULGAR.

2. SÓ DIZEM  O QUE SABEM, CALANDO-SE  OU CONFESSANDO  A SUA  IGNORÂNCIA SOBRE O QUE NÃO SABEM.

3. JAMAIS DÃO ORDENS: NÃO QUEREM IMPOR-SE, APENAS ACONSELHAM E SE NÃO FOREM OUVIDOS SE RETIRAM.

4. APROVAM O BEM QUE AS PESSOAS FAZEM, MAS SEM ELOGIOS.

5. REVELAM  O  FUTURO E  DIZEM  COM  EXATIDÃO A DATA  DOS FATOS QUE IRÃO ACONTECER.

 

GRUPO 2

6. A    LINGUAGEM    É    BAIXA,   VULGAR,    ARROGANTE,   CARACTERÍSTICO   DE  INFERIORIDADE.

7. SÃO  AUTORITÁRIOS,  DÃO  ORDENS, QUEREM   SER  OBEDECIDOS   E  NÃO  SE  AFASTAM FACILMENTE.

8. EXAGERAM  NOS  ELOGIOS  PROCURANDO  DESTACAR A  IMPORTÂNCIA  PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM CONQUISTAR. 

9. FALAM TUDO COM SEGURANÇA, SEM SE IMPORTAR COM A VERDADE.

10. REVELAM  O FUTURO  QUANDO ESTE  CONHECIMENTO FOR  ÚTIL, SEM DIZER AS DATAS PRECISAS.

Obs.: As frases que se diferem das demais são as 5 e 10.

 

(Baseada no Livro dos Médiuns. Segunda Parte. Cap. 24. Item 267. Allan Kardec)