Dinâmica - Coração puro

Objetivo: Mostrar quais sentimentos devem ser desenvolvidos em nosso coração para torná-lo puro. 

Participantes: Máximo 9 alunos.

Tempo Estimado: 20 min.

Material: Caixa de coração, figuras em forma de coração (imprimir em papel A4), cola bastão, papel cartão vermelho, tesoura e fita crepe.   

 Descrição: O Evangelizador deverá recortar, previamente, todas as figuras e colocar dentro da caixa de coração. Depois deverá explicar aos alunos que aquela caixa representa o coração de alguém. Dentro dele há sentimentos bons e ruins. Portanto, para que Ele se torne puro, será necessário que alguns desses sentimentos permaneçam e outros sejam retirados. Logo em seguida, cada aluno deverá retirar, com os olhos fechados, uma figura da caixa, e o Evangelizador deverá perguntar se aquele sentimento deverá permanecer ou deverá ser retirado do coração. Para finalizar, os sentimentos bons, que permaneceram na caixa deverão ser colados dentro de outro coração, ''CORAÇÃO PURO'', (feito de papel cartão)  e os sentimentos ruins deverão ser jogados no lixo.

Obs.: Distribua uma figura para cada aluno pintar, antes de colar no coração.       

 

Sentimentos bons:

Amor

Bondade

Esforço

Obediência

Caridade

Humildade

Paciência

Perdão

 

Sentimentos ruins:

Preguiça

Ódio

Desrespeito

Mentira

Vaidade

Egoísmo

Maldade

Inveja

Gula

 

Comentário: A verdadeira pureza não está somente nos atos, mas também no pensamento, porque aquele que tem o coração puro não pensa mesmo no mal. ( O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 8. Item 6. Allan Kardec). 

(baseado em autor desconhecido e no Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 8. Allan Kardec)