Diante do trabalho

TEMA — Excelência do trabalho.

 

 Nunca é demais qualquer referência ao trabalho, fator de evolução e burilamento. Nele, a herança de amor com a qual o espírito se refaz para a jornada renovadora, em direção aos objetivos supremos da vida.  Para conhecer-lhe, porém, a sabedoria de orientador da felicidade, é preciso crer nele e aderir-lhe ao programa de esforço criativo, penetrando-lhe as qualidades positivas de dissolvente das nossas velhas imperfeições.

 Não admitas que adversidade, tropeço, desilusões ou dívidas te impeçam de receber-lhe o benefício salvador. É com ele e por ele que conquistarás todos os recursos destinados à tua sustentação.

 Se te vês sob o domínio de fraqueza deprimente, ser-te-á revigorante a restaurar-te o comando das próprias forças.

 Se experimentas a compulsão de hábitos indesejáveis, erigir-se-á à condição do libertador de que necessitas.

 Se te reconheces debaixo da pressão de dívidas constrangedoras, encontrarás nele o abonador seguro de tua quitação.

 Se sofres o cerco de adversários, sejam eles quais forem, levantar-se-á como sendo o agente benéfico que os desarmará, angariando-lhes, em teu favor, apreço e simpatia.

 Se te confessas defrontado por necessidades materiais, descobrirás nele a saída contra a penúria.

 Se deténs alevantados ideais de beneficência ou educação, nunca chegarás a realizá-los sem ele.

 Se aspiras ao progresso, terás de adotar com ele a cobertura de todos os teus planos.

 Se patrimônios amoedados te garantem a ociosidade, inspirando alguém a dizer-te que não precisas trabalhar, continua oferecendo ao trabalho o melhor de tuas energias, porque será ele a defensiva contra o tédio e a viciação, capazes de te arruinarem a existência.

 

 Mas, onde estiveres, trabalha construindo o bem.

 Interpretada apenas à feição de movimento, a atividade é suscetível de ser empregada para o mal. A pedra dedicada à construção pode transformar-se em instrumento do crime, nas arremetidas da delinquência.

 Abraça, pois, no trabalho como serviço, a rota de cada dia, e, com a tua utilidade para os outros, obterás, através dos outros, o caminho, o apoio, o auxílio e o incentivo para a tua segurança, tranquilidade, alegria e libertação.

 

(Encontro marcado. Espírito Emmanuel. Psicografado por Chico Xavier)