Dinâmica - Como devo amar o meu próximo?

Objetivo: Através de alguns exemplos, aprender de que forma devemos amar o nosso próximo. E mostrar que este é o caminho que nos conduz a felicidade. 

Participantes: Máximo 8 alunos.

Tempo Estimado: 15 min.

Material: Papel canson A4 (impressão do ônibus), tesoura, estilete, durex.

Descrição: O evangelizador deve, antecipadamente, construir o ônibus , fixá-lo na parede da sala de aula (com as janelas fechadas) e contar a seguinte história: ''Os passageiros deste ônibus estavam fazendo uma viagem em busca da felicidade.  Mas quando o condutor chegou ao destino, no alto de uma montanha, muitos não compreenderam e disseram: Isto é a felicidade? O condutor explicou que durante a viagem, aqueles  que souberam amar o seu próximo como a si mesmo, já estavam construindo a felicidade, pois ela está dentro de nós. Disse ainda que enquanto não conseguimos alcançar a felicidade suprema, podemos ir preparando o caminho com atitudes de amor''. Logo depois, o evangelizador deve pedir para que um dos alunos escolha um número, abra a janela e responda a seguinte pergunta: Como devo amar o meu próximo diante da situação descrita na janela indicada? Caso o aluno não saiba a resposta, os colegas ou o próprio evangelizador poderá ajudá-lo. Depois deve repetir todo procedimento descrito acima até terminar os números.

Sugestões de respostas:

1. Perguntar se precisa de ajuda; oferecer o braço para ajudá-lo a se levantar.

2. Avisar a professora sobre o ocorrido.

3. Fazer oração para ele; ir visitá-lo em sua casa, se for possível.

4. Pedir desculpas.

5. Dividir o seu lanche com ele.

6. Dizer que não importa a distância, a amizade poderá continuar; e também poderá fazer novas amizades.

7. Não participar do assunto; dizer que não devemos julgar; e se puder deve se afastar.

8. Não guardar mágoa; perdoar.

Comentário: Jesus disse: ''Ame a Deus acima de todas as coisas e ao próximo com a si mesmo'' (Mateus 22: 37-39). '' Os efeitos da lei do amor são o aperfeiçoamento moral da raça humana e a felicidade durante a vida terrestre. '' (O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 11. Itens 8 , 9 e 10. Allan Kardec)  

 

(baseada na mensagem do site Momento Espírita : http://www.momento.com.br/pt/ler_texto.php?id=1060 e no livro: O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 11. Itens 8 , 9 e 10. Allan Kardec)