Boa-vontade

“Vede prudentemente como andais.” — Paulo. (Efésios, cap. 5, v. 15.)

Boa-vontade descobre trabalho.
Trabalho opera a renovação.
Renovação encontra o bem.
O bem revela o espírito de serviço.
O espírito de serviço alcança a compreensão.
A compreensão ganha humildade.
A humildade conquista o amor.
O amor gera a renúncia.
A renúncia atinge a luz.
A luz realiza o aprimoramento próprio.
O aprimoramento próprio santifica o homem.
O homem santificado converte o mundo para Deus.
Caminhando prudentemente, pela simples boa-vontade a criatura alcançará o Divino
Reino da Luz.

(Pão nosso. Espírito Emmanuel. Psicografado por Chico Xavier)