Dinâmica - Boa ou má influência

Objetivo:Fazer os alunos perceberem que existem influências sobre os nossos pensamentos e que são responsáveis pelas escolhas e conseqüências provenientes delas.

Participantes: Indefinido

Tempo estimado: 20min

Material: Situações anotadas no papel

Descrição: A dinâmica ocorre em trio e os participantes deverão sentar-se nas cadeiras um ao lado do outro. Os alunos das pontas deverão influenciar o aluno do meio (um para o mal, outro para o bem) com sugestões acerca do tema sugerido. São três situações diferentes e a cada fato muda-se os alunos, para que todos participem . Cada situação deverá ser lida pelo aluno do meio e o evangelizador dará 1 minuto para que os participantes dos lados exponham e conquistem o do centro para seu ponto de vista. Serão três rodadas, podendo ser repetidas por outros alunos.

Situações:

Situação 1 – Estou com uma turma de amigos e, de repente, eles começam a fumar e beber. Oferecem-me... O que eu faço...

Situação 2 – Estou precisando de uma grana para ir ao shopping ou para comprar uma coisa legal que vi numa loja, mas minha mãe chateada comigo, disse que não iria me dar dinheiro fácil, enquanto eu não fosse responsável com as atividades do colégio e que estudasse direitinho... Então vejo a bolsa dela em cima da mesa, estou sozinho e penso...

Situação 3 – Um dia de repente comecei a sentir falta de algo... Pensei muito e cheguei à conclusão de que não era nada material, na verdade, estava sentindo falta de Deus em minha vida. Foi quando pensei em freqüentar o grupo de jovem. Será que eu devo ir mesmo?

Comentário: A influência dos espíritos sobre os nossos pensamentos e as nossas ações é maior do que imaginamos, porque frequentemente, são eles que nos dirigem (Livro dos Espíritos. Questão 459. Allan Kardec).

(baseada na Coletânea de material para educação espírita juvenil - Núcleo Espírita de Educação e Apoio à Juventude e no Livro dos Espíritos. Livro 2. Cap. 9. Allan Kardec)