Ao companheiro de ideal

  Meu irmão, no teu caminho
  De estudos metodizados,
  Não procures, tão somente,
  A voz dos desencarnados.
 
  O Evangelho é a fonte eterna
  De paz e consolação.
  Sem Jesus, ninguém consegue
  A própria iluminação.
 
  Aprende. Pondera. Luta.
  Medita. Guarda. Esclarece.
  Toda palavra de amor
  Faz parte de tua prece.
 
  O auxílio espiritual
  Vale muito, mas não é
  A aquisição necessária
  De amor, de verdade e fé.
 
  O campo do coração
  É sempre belo e irrestrito.
  Quem se esforça, quem trabalha
  Alcança a luz do infinito.
(Cartas do Evangelho e outros poemas.Casimiro Cunha. 2ª Parte. Psicografado por Chico Xavier )