A prece do esforço próprio

É da Lei do Senhor que a prece do esforço próprio obtenha resposta imediata da vida.

  Educa a argila e a argila dar-te-á o vaso.

 Guarda o vaso contra o lodo e o vaso ser-te-á prestimoso servidor.

 Trabalha a madeira bruta e a madeira selvagem assegurar-te-á o asilo doméstico.

 Mantém a higiene em tua casa e a casa abençoar-te-á a existência.

 Ara o solo e terás a sementeira.

 Auxilia a plantação e receberás o privilégio da colheita.

 Vale-te da fonte com respeito e recolherás a água pura.

 Cultiva a limpeza do líquido precioso e a água conferir-te-á equilíbrio e saúde.

  Agimos com o desejo.

 Reage a vida com a realização.

 Não há caridade sem gentileza.

 Não há fé sem boa vontade.

 Não há esperança sem paciência.

 Não há paz sem trabalho digno.

  Usemos a chave do esforço próprio no bem de todos e o bem verdadeiro conduzir-nos-á para a vitória que nos propomos atingir.

 O Criador responde à criatura, através das próprias criaturas, até que a criatura lhe possa, um dia, refletir a Glória Sublime.

 Articulemos incessantemente a oração do serviço ao próximo, pela ação constante no auxílio aos outros, e estaremos marchando para a felicidade indestrutível da comunhão com Deus.

 (Passos da vida. Espírito Emmanuel. Psicografado por Chico Xavier)