Necessário e supérfluo

Aprendendo a viver

Morando numa pequena casa em um bairro humilde, Toninho vivia inconformado. Na escola via colegas mais bem-vestidos, calçando tênis caros, e sentia-se triste. Gostaria de ser como um deles, ter casa bonita, passear no “shopping center”, ter brinquedos sofisticados, “vídeo-games”. Ouvia o relato dos...

A casa de Mazalu

         Era um sapo que se chamava Mazalu. (Leia bem devagar: MA-ZA-LU.)   O sapo Mazalu vivia muito quito debaixo de uma pedra junto ao rio.          Certa manhã, o sapo Mazalu saiu a passeio e encontrou o seu...

A lição de Aritogogo

                     Em princípio do século XVII,  eu participava dos serviços de uma embarcação francesa,  em transporte de...

Mãe, me dá um celular?

         - Mãe, me dá um celular?- é Lara, novamente pedindo à mãe a mesma coisa.          - Filha, nós já conversamos sobre isso...          - Mas, mãe, eu preciso...

Sim, não, espera

         Outro dia, levei por escrito para minha mãe a lista de presentes que desejava ganhar no Natal: uma bola de futebol, um jogo de vídeo-game e um celular.          A resposta também veio por escrito e...