Resumo - Irmãs Fox

        Em dezembro de 1847, a família Fox, foi morar em uma casa modesta em Hydesville, no Estado de Nova Iorque, nos Estado Unidos.

        Ali moravam, John D. Fox, sua esposa Margareth Fox, suas duas filhas Kate, de 11 anos  e Margareth de 14 anos. Haviam também outros filhos que não moravam lá.

        Entretanto, aquela casinha era conhecida por estranhos acontecimentos relatados por antigos moradores.

        Em 1848, certa noite, as meninas começaram  a  ouvir estranhos ruídos. Batidas e sons semelhantes  ao arrastar de móveis eram ouvidos, deixando-as  assustadas.

        Mas algum tempo depois, Kate criou coragem e desafiou a ‘’força invisível’’. Ela repetiu os golpes ouvidos e batendo palmas disse: ‘’ Sr. Pé Rachado,  faça o que eu faço’’. Imediatamente, repetiram-se as palmadas. Quando ela parou, o som também parou.

        Então, a mãe de Kate quis dar uma tarefa mais difícil e perguntou: - Qual seria a idade dos meus filhos ? - Toc, toc, toc... Instantaneamente foi dada a exata idade de cada um, fazendo uma pausa de um para o outro.

         A senhora Fox continuou a fazer perguntas e descobriu que o comunicante era um espírito chamado Charles Rosma. Ele disse que tinha sido assassinado cinco anos antes, naquele casa, e seu  corpo enterrado na Adega.

       Um dos filhos do casal Fox, chamado David, com a ajuda de amigos, escavaram a adega. A uma profundidade de cinco pés encontraram uma tábua; cavando mais, acharam carvão e cal e, finalmente, cabelos e ossos humanos. Mas somente cinqüenta e seis anos mais tarde, conseguiram encontrar o esqueleto completo, que provou, acima de qualquer dúvida, que alguém realmente havia sido enterrado na adega da casa dos Fox.

         A família Fox ficou seriamente abalada com os aconte­cimentos. E como parecia que a coisa estivesse ligada às duas meninas, estas foram afastadas de casa. Mas em casa de seu irmão, David Fox, para onde foi Margaret, e na de sua irmã Leah, cujo nome de casada era Mrs. Fish, em Roehester, onde Kate estava hospedada, os mesmos ruídos eram ouvidos. Foram feitos todos os esforços para que o público ignorasse essas manifestações; logo, porém, se tornaram conhecidos.

            Então, durante alguns anos as duas irmãs mais novas, Kate e Margaret, fizeram sessões em Nova Iorque e em outros lugares e foram investigadas por pesquisadores.