Moisés

            Então subiu ao trono do Egito um novo rei.  Disse ele ao seu povo: "Vejam! O povo israelita é agora numero­so e mais forte que nós.  Temos que agir com astúcia, para que não se tornem ainda mais numerosos. Então impuseram sobre Israel capatazes, que os exploravam em trabalhos forçados.   Todavia, quanto mais eram oprimi­dos, mais numerosos se tornavam e mais se espalhavam. Então o faraó ordenou a todo o seu povo: "Lancem ao Nilo todo menino recém-nascido, mas deixem viver as meninas" (Êxodo  1: 8 a 11, 22).

            Um homem da tribo de Levi casou-se com uma mulher da mesma tribo,  e ela engra­vidou e deu à luz um filho. Vendo que era boni­to, ela o escondeu por três meses.  Quan­do já não podia mais escondê-lo, pegou um cesto; colocou nele o menino e deixou o cesto entre os juncos, à margem do Nilo.  A irmã do meni­no ficou observando de longe para ver o que lhe acon­teceria.  A filha do faraó descera ao Nilo para tomar banho. Nisso viu o cesto entre os juncos e mandou sua criada apanhá-lo. Ao abri-lo, viu um bebê chorando. E disse: "Este menino é dos hebreus". Então a irmã do menino aproximou-se e perguntou à filha do faraó: "A senhora quer que eu vá chamar uma mulher dos hebreus para amamentar e criar o meni­no?"  "Quero", respondeu ela. A menina foi e chamou a mãe da criança. Quando o menino cresceu, a mulher o entregou à filha do Faraó, que o adotou e lhe deu o nome de Moisés, dizendo: '' Eu o tirei das águas'' (Êxodo 2: 1 a 10) .

            Passaram os anos Moisés cresceu e saiu para ver seus irmãos. E notou que eram submetidos a trabalhos forçados. Viu também que um dos seus irmãos hebreus estava sendo maltratado por um egípcio. Olhou para um lado e para outro, e vendo que não havia ninguém, matou o egípcio e o enterrou na areia. O Faraó ouviu falar do fato e procurou matar Moisés. Moisés porém, fugiu do Faraó e se refugiou no país de Madiã. (Êxodo 2:11, 12 e 15).

            O anjo de Javé apareceu a Moisés numa chama de fogo do meio de uma sarça. Moisés prestou atenção: a sarça ardia no fogo, mas não se consumia. E do meio da sarça Deus o chamou: ''Moisés, Moisés! Ele respondeu: '' Aqui estou''. Javé disse: ''Eu vi muito bem a miséria do meu povo que está no Egito. Por isso, vá. Eu envio você ao Faraó, para tirar do Egito o meu povo, os filhos de Israel''. Então Moisés disse a Deus: '' Quem sou eu para ir até o Faraó e tirar os filhos de Israel lá do Egito?'' (Êxodo 3:2, 4, 7,10 e 11). ''E se eles não acreditarem em mim, nem fizerem caso''. Javé perguntou-lhe: O que você tem aí na mão? Moisés respondeu: ''Uma vara''. Então Javé lhe disse: ''Jogue-a no chão''. Moisés jogou a vara no chão e ela se transformou em cobra. Javé disse a Moisés: Estenda a mão e pegue a pela cauda e ela se transformou em vara. Então Javé disse: '' Isso é para acreditarem que Javé, o Deus dos antepassados deles, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac, o Deus de Jacó, apareceu a você.' (Êxodo 4:1 a 5).

            Moisés insistiu com Javé: '' Meu Senhor, eu não tenho facilidade para falar; Javé ficou irritado com Moisés e lhe disse: '' Você não tem o seu irmão Aarão, o levita? Sei que ele sabe falar bem. Ele está vindo ao seu encontro e ficará alegre em ver você.  Ele falará ao povo no lugar de você. Então,  Moisés contou para Aarão tudo o que Javé lhe havia dito quando lhe dera a missão (Êxodo 4:10, 14, 16 e 28).

            Depois disso, Moisés e Aarão se apresentaram diante do Faraó e disseram: '' Assim diz Javé, o Deus de Israel: deixe meu povo partir para que celebre uma festa para mim no deserto. O Faraó respondeu: '' Quem é Javé, para que eu tenha de obedecer a ele e deixar Israel partir? Não reconheço Javé, nem deixarei Israel partir.'' (Êxodo 5:1 a 2). Nesse mesmo dia, o Faraó deu ordem aos capatazes e inspetores, dizendo: Não dêem ao povo palha para fazer tijolos, como vocês faziam antes. Que eles próprios providenciem a palha. E mais: exijam deles a mesma quantia de tijolos que faziam antes. (Êxodo 5:6 a 8).

            Então Moisés voltou-se para Javé e perguntou: '' Senhor, por que maltratas este povo? Por que enviaste? Desde que me apresentei ao Faraó para falar em teu nome, o povo é maltratado, e tu não libertaste o teu povo''. (Êxodo 5:22 a 23).  Javé respondeu a Moisés: '' Agora você verá o que vou fazer ao Faraó. É pela força que ele os deixará partir, e até os expulsará do seu país!''(Êxodo 6: 1). Javé disse a Moisés: ''Eu, porém, vou endurecer o coração do Faraó, e multiplicarei sinais e prodígios no país do Egito.'' (Êxodo 7:3). Então Javé enviou-lhe 10 pragas:

1º Praga: Toda a água do Nilo se transformou em sangue. (Êxodo 7:20)

2º Praga: Infestou todo o território com rãs. (Êxodo 7: 27)

3º Praga: Mosquitos, que atacavam homens e animais, por todo o território. (Êxodo 8:13)

4º Praga: As casas dos egípcios e até mesmo o solo em que pisam ficarão cheios de moscas. (Êxodo 8:17)

5º Praga: Feriu com uma peste maligna, o rebanho do campo, os cavalos, jumentos, camelos, bois e ovelhas. (Êxodo 9:2)

6º Praga: A cinza se transformará em pó sobre todo o território egípcio e cairá sobre homens e animais, produzindo úlceras e chagas em toda a terra do Egito. (Êxodo 9:9)

7º Praga: Uma pesada chuva de pedras, caiu sobre o Egito. (Êxodo 9:18)

8º Praga: Os gafanhotos cobrirão todo o território. (Êxodo 10:4)

9º Praga: Uma densa treva cobriu o território egípcio durante três dias (Êxodo 10:22)

10º Praga: Todos os primogênitos do Egito morrerão. (Êxodo 11:5)

            Então, de noite ainda, o Faraó chamou Moisés e Aarão e lhes disse: '' levantem-se e saiam do meio do meu povo, vocês e os filhos de Israel. Vão servir a Javé, como pediram. Os filhos de Israel partiram de Ramsés, em direção de Sucot: eram seiscentos mil homens a pé, sem contar as crianças. A estada dos filhos de Israel no Egito durou quatrocentos e trinta anos (Êxodo 12: 31, 37, 40).

            Quando comunicaram ao rei do Egito que o povo tinha fugido, o Faraó e seus ministros mudaram de opinião sobre o povo e disseram: ''O que é que nós fizemos? Deixamos partir nossos escravos israelitas!'' O Faraó mandou aprontar seu carro e levou consigo suas tropas. Perseguindo com todos os cavalos e carros do Faraó, os cavaleiros e o exército os alcançaram quando estavam acampados junto ao mar, em Piairot.( Êxodo 14: 5, 6 e  9).

            Então, Moisés estendeu a mão sobre o mar, e Javé fez o mar se retirar com um forte vento oriental, que soprou a noite inteira: o mar ficou seco e as águas se dividiram em duas. Os filhos de Israel entram pelo mar a pé enxuto, e as águas formavam duas muralhas, á direita e à esquerda. Na perseguição, os egípcios entraram atrás deles com todos os cavalos do Faraó, seus carros e cavaleiros, e foram até o meio do mar. Javé disse a Moisés: Estenda a mão sobre o mar, e as águas se voltarão contra os egípcios, seus carros e cavaleiros. As águas voltaram, cobrindo os carros e os cavaleiros de todo o exército do Faraó, que os haviam seguido no mar: nem um só deles escapou. (Êxodo 14:21 a 23, 26 e 28).

            Moisés fez Israel partir do mar Vermelho, e eles se dirigiram para o deserto de Sur. (Êxodo 15: 22). Toda a comunidade de Israel murmurou contra Moisés e Aarão no deserto, dizendo:'' Era  melhor termos sido mortos pela mão de Javé na terra do Egito, onde estávamos sentados junto à panela de carne, comendo pão com fartura. Vocês nos trouxeram  a este deserto para fazer toda esta multidão morrer de fome!'' Javé disse a Moisés: ''Farei chover pão do céu para vocês: o povo sairá para recolher a porção de cada dia, para que eu o experimente e veja se ele observa a minha lei, ou não.'' (Êxodo 16: 2 a 4).  À tarde, um bando de codornizes cobriu todo o acampamento e, pela manhã, havia uma camada de orvalho ao redor do acampamento. A casa de Israel deu-lhe o nome de maná: era branco como a semente de coentro, e seu sabor era como bole de mel. Os filhos de Israel comeram maná durante quarenta anos, até chegarem à terra habitada. Comeram maná até chegarem à fronteira de Canaã (Êxodo 16: 13, 31, 35).

            Três meses depois de sair do Egito, os filhos de Israel chegaram ao deserto do Sinai. Javé disse a Moisés: ''Volte para o povo e purifique-o hoje e amanhã: que lavem suas roupas, e estejam preparados para depois de amanhã, porque Javé descerá depois de amanhã sobre a montanha do Sinai à vista de todo o povo.  Três dias depois, pela manhã, houve trovões e relâmpagos e uma nuvem espessa desceu sobre a montanha, enquanto o toque da trombeta soava fortemente. Javé desceu no topo da montanha do Sinai e chamou Moisés lá para o alto. Quando Moisés subiu, Javé lhe disse: ''Desça e avise o povo para que não ultrapasse os limites para ver a Javé''. (Êxodo 19: 1,10,20 e 21).

            Então Deus pronunciou os 10 mandamentos a Moisés (Êxodo 20:1a17):

1. Eu sou o Senhor, vosso Deus, que vos tirei do Egito, da casa da servidão. Não tereis, diante de mim, outros deuses estrangeiros.  Não fareis imagem esculpida, nem figura alguma do que está em cima do céu, nem

embaixo na Terra, nem do que quer que esteja nas águas sob a terra. Não os adorareis e não lhes prestareis culto soberano.

2. Não pronunciareis em vão o nome do Senhor, vosso Deus.

3. Lembrai-vos de santificar o dia do sábado.

4. Honrai a vosso pai e a vossa mãe, a fim de viverdes longo tempo na terra que

o Senhor vosso Deus vos dará.

5. Não mateis.

6. Não cometais adultério.

7. Não roubeis.

8. Não presteis testemunho falso contra o vosso próximo.

9. Não desejeis a mulher do vosso próximo.

10. Não cobiceis a casa do vosso próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu asno, nem qualquer das coisas que lhe pertençam.

            E Moisés, como legislador, determinou também outras leis para seu povo (Êxodo, Número e Deuteronômio). Pegou o livro da aliança e o leu para o povo. Eles disseram: ''Faremos tudo o que Javé mandou e obedeceremos'' .  Javé disse a Moisés: '' Suba até junto de mim na montanha, pois eu estarei aí para lhe dar as tábuas de pedra com a lei e os mandamentos que escrevi, para você os instruir''. (Êxodo 24: 7, 12). E, subindo Moisés ao monte, a nuvem cobriu o monte. E a glória do Senhor repousou sobre o monte Sinai, e a nuvem o cobriu por seis dias; e ao sétimo dia chamou a Moisés do meio da nuvem. E o parecer da glória do Senhor era como um fogo consumidor no cume do monte, aos olhos dos filhos de Israel. E Moisés entrou no meio da nuvem, depois que subiu ao monte; e Moisés esteve no monte quarenta dias e quarenta noites. ( Êxodo 24:15-18)

E, subindo Moisés ao monte, a nuvem cobriu o monte.
E a glória do Senhor repousou sobre o monte Sinai, e a nuvem o cobriu por seis dias; e ao sétimo dia chamou a Moisés do meio da nuvem.
E o parecer da glória do Senhor era como um fogo consumidor no cume do monte, aos olhos dos filhos de Israel.
E Moisés entrou no meio da nuvem, depois que subiu ao monte; e Moisés esteve no monte quarenta dias e quarenta noites.
Êxodo 24:15-18
e Moisés esteve no monte quarenta dias e quarenta noites.
Êxodo 24:18
e Moisés esteve no monte quarenta dias e quarenta noites.
Êxodo 24:18

            Quando o povo notou que Moisés estava demorando para descer da montanha, reuniu-se em torno de Aarão, e lhe disse: ''Vamos! Faça para nós um deus que caminhe à nossa frente, porque não sabemos o que aconteceu com esse Moisés que nos tirou do Egito''. Aarão respondeu-lhes: ''Tirem os brincos de outro de suas mulheres, filhos e filhas, e tragam aqui''. Então todo o povo tirou os brincos e os levou para Aarão. Este recebeu o ouro, fundiu-o num molde e fez a estátua de um bezerro. Então eles disseram: '' Israel, este é o seu deus, que tirou você do Egito. Javé disse a Moisés: ''Vá! Desça, porque seu povo, que você tirou do Egito, se perverteu. Desviaram -se logo do caminho que eu lhes havia ordenado. Quando se aproximou do acampamento e viu o bezerro e as danças, Moisés ficou enfurecido, jogou as tábuas e as quebrou no pé da montanha. Pegou o bezerro que haviam feito, o queimou e o moeu até reduzi-lo a pó.   E nesse dia morreram uns três mil homens do povo. (Êxodo 32: 1 a 4, 7, 19, 20, 28).

            Javé disse a Moisés: ''Vamos! Parta daqui com o povo que você tirou do Egito, e vá para a terra que eu prometi para Abraão, Isaac e Jacó, quando falei que a daria para a descendência deles. Vou enviar na frente de você o meu anjo, para expulsar os cananeus, amorreus, heteus, ferezeus, heveus e jebuseus. Suba para uma terra onde corre leite e mel. (Êxodo 33: 1 a 3).

             Javé disse: ''Aarão vai se reunir com seus antepassados e não entrará na terra que eu vou dar aos filhos de Israel, porque vocês foram rebeldes às minhas ordens''. (Números 20: 24).

            Passado algum tempo, Javé falou a Moisés: ''Suba ao monte Abarim e contemple a terra que eu vou dar aos filhos de israel. depois de a contemplar, você se reunirá aos seus antepassados, como seu irmão Aarão. Isso porque vocês foram rebeldes no deserto de Sin, quando a comunidade se revoltou contra mim, e vocês não demonstraram a minha santidade junto à fonte.'' Passe para Josué o cargo na presença deles, e comunique a ele uma parte de sua própria autoridade, para que a comunidade de Israel obedeça a ele. (Números 27: 12 a 14, 19 e 20).

            E Moisés, servo de Javé, morreu aí mesmo, na terra de Moab, conforme a palavra de Javé. Moisés tinha cento e vinte anos quando morreu. Ninguém se igualou a Moisés na mão forte e em todos os feitos grandiosos e terríveis que ele realizou aos olhos de todo Israel.  (Deuteronômio 34: 5, 7, 12).   

     

Bibliografia: Êxodo, Deuteronômio e Números